Futebol

Tiago Nunes e Jesualdo fazem primeiro clássico por Corinthians e Santos

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

2 de fevereiro de 2020 - 00:00 - Atualizado em 2 de fevereiro de 2020 - 00:00

Corinthians e Santos se enfrentam às 11h (de Brasília) deste domingo, na Arena Corinthians, e o jogo terá um duelo interessante entre os treinadores. Em meio a diferenças e semelhanças, Tiago Nunes e Jesualdo Ferreira fazem o primeiro clássico à frente de seus respectivos clubes.

Os dois treinadores iniciam um novo trabalho em 2020 e ainda procuram conhecer melhor os seus elencos, enquanto começam a implementar as suas ideias. No Corinthians, o jovem Tiago Nunes precisa quebrar com o estilo de jogo reativo que foi uma marca do time de Fábio Carille no ano passado.

Na busca por colocar a sua identidade no plantel corintiano, Tiago ainda vê a sua equipe oscilar nas primeiras rodadas de Campeonato Paulista. Na estreia, o Timão empolgou ao golear o Botafogo-SP por 4 a 1 na Arena Corinthians. Depois disso, entretanto, dois resultados ruins fora de casa: um empate em 1 a 1 contra o Mirassol e uma derrota para a Ponte Preta, por 2 a 1, em Campinas.

Tiago tenta fazer com que o Corinthians seja um time propositivo em 2020, apostando em uma saída de jogo com qualidade à partir dos zagueiros. Com volantes mais participativos e laterais avançados com liberdade para chegar à linha de fundo, o treinador quer potencializar o sistema ofensivo do Timão. Apesar de inconsistências na defesa, o novo estilo tem feito bem ao atacante Mauro Boselli, que já deixou quatro gols no Paulistão.

Tiago Nunes e Jesualdo fazem primeiro Clássico Alvinegro (Arte: Gazeta Esportiva)

Do outro lado, assim como Tiago Nunes, Jesualdo Ferreira aposta em uma proposta mais ofensiva para o Santos. Adepto do 4-3-3, o treinador ainda tenta dar a sua cara ao Peixe nas primeiras rodadas. Uma de suas marcas é colocar os laterais bem abertos, dando amplitude ao time, e possibilitando que os seus pontas fiquem mais próximos da área para terem poder de finalização.

Na estreia do Paulistão, o Peixe não convenceu e ficou apenas no 1 a 1 contra o Red Bull Bragantino na Vila Belmiro. Na sequência, foram duas vitórias, que colocaram a equipe na liderança do Grupo A. Um 2 a 1 contra o Guarani, em Campinas, e depois por 2 a 0 contra a Inter de Limeira, na casa santista.

Se a aposta pela ofensividade e o estágio inicial de trabalho aproximam Tiago Nunes e Jesualdo Ferreira, há outros pontos que colocam os dois treinadores de lados opostos. A principal delas diz respeito à idade e à experiência.

Aos 39 anos, o corintiano teve o seu primeiro trabalho de destaque no Athletico-PR em 2018 e 2019, com as conquistas da Copa do Brasil e da Sul-Americana. Por outro lado, o técnico santista, de 73 anos, é pioneiro nos estudos acadêmicos sobre futebol em Portugal.

Por lá, Jesualdo conquistou respeito de todo o meio futebolístico e teve momentos de glória com o Porto, ao conquistar o tricampeonato nacional (2006/2007, 2007/2008 e 2008/2009). Além disso, o português pode se orgulhar de ser campeão na Ásia e África. Conquistou o Campeonato Egípcio com o Zamalek, na temporada 2014/2015, e foi campeão do Catar com o Al Sadd em 2018/2019.

O Corinthians de Tiago Nunes aparece na segunda colocação do Grupo D com 4 pontos, à frente de Bragantino e Ferroviária. A equipe perde no salto de gols para o líder Guarani. No Grupo A, o Santos lidera de forma invicta, com 7 pontos, na frente de Ponte Preta, Oeste e Água Santa.