Futebol

Tardelli encerra ‘episódio do achocolatado’ na volta ao Santos: “Foi engraçado, mas acabei prejudicado”

Gazeta
Gazeta Esportiva

27 de agosto de 2021 - 11:51 - Atualizado em 27 de agosto de 2021 - 12:30

Diego Tardelli foi apresentado como reforço do Santos nesta sexta-feira e comentou sobre um episódio curioso e triste na base do clube.

Em 2000, o atacante foi dispensado por furtar um toddynho na geladeira. O caso repercute até hoje, mas naquele momento prejudicou a ascensão do atleta.

“É uma honra poder vestir essa camiseta. Como disse há algumas semanas, é um privilégio. Vários ídolos passaram por aqui e agora posso dar continuidade na história que ficou para trás e mal resolvida. Chego muito motivado, feliz e espero honrar da melhor maneira possível. Fazer gols e ganhar títulos, já ganhei muitos na minha carreira. Estou super empolgado”, disse o novo camisa 99 do Santos, antes de comentar sobre a dispensa.

“Em 2000 eu estava pronto para aquela geração de 2002, campeã brasileira. E por um descuido, uma brincadeira, coisa de criança de 15 anos, ocorreu esse episódio do achocolatado. Foi engraçado, mas infelizmente acabei sendo o maior prejudicado. Fiquei triste quando vi que a maioria que trabalhou comigo foi campeão. Quis o destino que eu voltasse para cá. Tive carinho muito grande, um respeito, foi meu primeiro clube. Espero realizar o sonho de ser campeão e deixar meu nome gravado no Santos”, completou.

Aos 36 anos, Diego Tardelli voltou ao Santos para contrato até dezembro, com possibilidade de renovação até o fim do Campeonato Paulista 2022.