Futebol

Sylvinho não abre mão de seu esquema tático desde chegada ao Corinthians

Gazeta
Gazeta Esportiva

4 de agosto de 2021 - 08:00 - Atualizado em 4 de agosto de 2021 - 08:15

O técnico Sylvinho, no Corinthians há pouco mais de dois meses, tem mostrado convicção no esquema 4-1-4-1 para montar o Timão. Desde sua chegada, a formação é a preponderante nas partidas do Alvinegro.

Assim como foi no Lyon, a ideia central de Sylvinho passa por ter uma linha de quatro na defesa, três meio-campistas, dois pontas bem abertos e um atacante mais avançado. Pelo Timão, a única exceção foi na segunda etapa contra o Internacional, pelo Brasileiro, quando o treinador colocou o Luan para flutuar atrás do Jô, configurando um 4-2-3-1.

Na última coletiva, após a derrota por 3 a 1 para o Flamengo, o treinador foi questionado sobre a manutenção do esquema. “Ele (esquema) não é a parte principal, os atletas são a a parte principal. A gente pode utilizá-los no 4-3-3 ou 4-2-3-1, nossos meio-campistas é que sempre vão fazer a primeira pressão. Às vezes estamos marcando no 4-4-2, não é o sistema. Nós tivemos jogos mais equilibrados aqui em casa, com com adversários qualificados também, em que tivemos muito mais próximos de um empate ou da vitória. Hoje não. A situação não é não é e a troca de sistema ou por duas ou três semanas mais abertas. O futebol não se treina para abrir, trocar sistemas. Você troca de acordo com aquilo que a comissão e treinador entendem que pode potencializar os atletas. No nosso caso, entendemos que tem funcionado. Até outro dia era uma defesa que sofria poucos gols, e continua sofrendo. Hoje fugiu a regra, mas a situação não é do sistema. Nós entendemos que o caminho é esse.”

A tendência é que o esquema seja mantido mesmo com as chegadas de Giuliano e Renato Augusto, já que ambos podem ocupar as funções de meias avançados, hoje ocupadas por Gabriel e Roni. Roger Guedes, jogador que o Corinthians está monitorando, poderia ocupar a ponta pela esquerda sem grandes problemas.

O próximo jogo do Corinthians será contra o Santos, domingo, na Vila Belmiro. A tendência é que pelo menos Giuliano esteja disponível para fazer sua estreia. O Timão está na 11ª colocação do Brasileiro com 17 pontos.