Futebol

STJD acata pedido do Santos e altera punição a Marinho

Gazeta
Gazeta Esportiva

18 de dezembro de 2020 - 17:29 - Atualizado em 18 de dezembro de 2020 - 17:45

Nesta sexta-feira, o presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Otávio Noronha, acatou o pedido do Santos e reverteu a pena do atacante Marinho de um jogo de suspensão para o pagamento de uma multa. O valor, de R$ 7,5 mil, será destinado à ONG Mamas do Amor, escolhida pelo STJD.

A punição havia saído na última segunda-feira, quando o jogador santista foi julgado sob a acusação de ter insultado a arbitragem na partida de volta contra o Ceará pela Copa do Brasil. No caso, como o Alvinegro Praiano foi eliminado da competição, a suspensão passaria para outro campeonato organizado pela CBF, que seria o Brasileirão, o que impediria o atleta de atuar contra o Vasco, neste domingo.

Contudo, Otávio Noronha concordou com o argumento do Santos e mudou a punição para uma medida de interesse social, uma vez que o clube já não está mais na competição em que houve o ato infracional. Com isso, Marinho está liberado para enfrentar o clube carioca, no entanto, por ter sentido desconforto muscular, é dúvida na escalação do técnico Cuca.