Futebol

Somando todas as competições, atacantes do Santos completam nove jogos sem marcar gols

Gazeta
Gazeta Esportiva

30 de agosto de 2021 - 08:55 - Atualizado em 30 de agosto de 2021 - 09:15

Desde a saída de Kaio Jorge, o Santos vem encontrando problemas para achar um grande definidor em seu elenco. Na goleada sofrida pelo Flamengo, os atacantes do Peixe completaram nove jogos sem marcar pelo menos um gol.

Nesse intervalo de tempo, o meio-campista Carlos Sánchez foi às redes três vezes, enquanto o lateral Madson e o meia Gabriel Pirani marcaram uma vez cada. A última vez que algum atacante do Santos marcou foi na goleada por 4 a 0 contra a Juazeirense, pela Copa do Brasil. Naquela ocasião, Lucas Braga e Marcos Leonardo fizeram seus gols.

Para solucionar isso, o Santos foi ao mercado. O Peixe acertou as contratações dos atacantes Léo Baptistão e Diego Tardelli, que prometem aumentar a artilharia da equipe. Marinho, que marcou 24 gols em 2020, segue sendo desfalque devido a problemas na coxa mas já começa a sua transição para voltar aos gramados.

“Temos que saber separar e avaliar o que aconteceu no jogo. Não estou aqui para ficar comentando 4 a 0, eu quero entender o que aconteceu de certo e errado. Nós cometemos erros que a gente não costuma cometer, principalmente no terceiro e quarto gol. O time fez uma partida equilibrada com o Flamengo durante 70 minutos, que é um clube forte, talvez o mais forte do Brasil. Tivemos chance de sair na frente. Dos quatro gols que o Flamengo fez, dois a gente entregou e um pênalti extremamente discutível”, analisou Fernando Diniz, após a goleada sofrida pelo Rubro-Negro carioca.

O Santos tem o 9º melhor ataque do Brasileirão, com 19 gols. Diniz tem tempo para aprimorar a efetividade da equipe, já que o próximo jogo é apenas no dia 4, contra o Cuiabá, pelo Brasileirão.