Futebol

Sem Luciano, São Paulo tem aproveitamento abaixo dos 50% na temporada

Gazeta
Gazeta Esportiva

15 de dezembro de 2020 - 08:00 - Atualizado em 16 de dezembro de 2020 - 00:00

O São Paulo recebe o Atlético-MG, nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Morumbi, sem Luciano. O atacante desfalcará o Tricolor neste confronto direto pela liderança do Campeonato Brasileiro devido a um estiramento no músculo adutor da perna esquerda. E, se depender do retrospecto sem o camisa 11 em campo, o time comandado por Fernando Diniz não terá vida fácil.

Desde que foi contratado pelo São Paulo, Luciano ficou fora de apenas cinco jogos, apenas um por lesão. Nos três primeiros jogos da equipe na Copa Libertadores após a paralisação das competições, o jogador cumpriu suspensão pela briga que se envolveu no Gre-Nal, quando ainda vestia as cores do Grêmio.

Contra o River Plate, o São Paulo empatou em casa, 2 a 2, e perdeu fora, por 2 a 1. Já contra a LDU, em Quito, sofreu uma goleada por 4 a 2.

Contra o Binacional, quando já estava liberado para atuar na Libertadores, Luciano foi poupado por causa de um desconforto muscular, mas não fez falta, já que o Tricolor saiu de campo com a vitória por 5 a 1. Até então, essa havia sido a única oportunidade em que o atacante desfalcou o time por um problema físico.

Contra o Atlético-GO, no Brasileirão, jogo decisivo para a permanência de Fernando Diniz no clube, o São Paulo não contou com Luciano graças à regra de acúmulo de cartões amarelos, que prevê um jogo de suspensão ao atleta que somar três cartões amarelos recebidos. De qualquer forma, o Tricolor acabou vencendo por 3 a 0.

Com duas derrotas, um empate e duas vitórias, o São Paulo tem um aproveitamento de 46,6% de aproveitamento jogando sem Luciano em campo. Nesta quarta-feira, contra o Atlético-MG, no Morumbi, terá de fazer valer a força do grupo, já que a vitória é extremamente importante para as ambições de Diniz, Daniel Alves e companhia no Campeonato Brasileiro.