Futebol

Sem França e Muricy absoluto: confira como ficou a seleção tricolor do século 21

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

14 de abril de 2020 - 00:00 - Atualizado em 14 de abril de 2020 - 00:00

Após dias e dias de votação, o site da Gazeta Esportiva passou a régua na apuração para saber quem o torcedor acha que merece entrar na seleção do São Paulo do século 21. É claro que as escolhas nem sempre são fáceis. Desde 2001 passaram muitos e muitos atletas pelo Morumbi, e, como esperado, alguns craques ficaram de fora.

Passados 13 dias da enquete no ar, quem acabou entrando na seleta lista dos torcedores foram: Rogério Ceni, Cicinho, Lugano, Miranda e Júnior; Mineiro, Josué, Hernanes e Kaká; Dagoberto e Luis Fabiano.

O técnico escolhido foi Muricy Ramalho. O comandante tricolor, inclusive, ganhou de lavada de Paulo Autuori e Emerson Leão, recebendo nada mais, nada menos que 96% dos votos.

Como só havia lugar para 11 nomes no time, alguns atletas que marcaram época com a camisa tricolor ficaram de fora. França é um exemplo. O quinto maior artilheiro da história do clube, com 182 gols, acabou perdendo a disputa para Luis Fabiano, assim como Aloísio Chulapa. Lucas Moura também não conseguiu fazer frente a Kaká na função de meia-atacante.

Outros nomes importantes da história do São Paulo também foram preteridos. Fabão, Richarlyson, Danilo, Jorge Wagner, Júlio Baptista e Leandro Guerreiro, embora tenham conquistado títulos importantes defendendo o Tricolor, acabaram ficando fora da lista.

Confira abaixo o resultado de cada disputa:

Goleiro

Rogério Ceni – 91%

Renan Ribeiro – 5%

Tiago Volpi – 4%

Lateral-direito

Cicinho – 93%

Éder Militão – 4%

Ilsinho – 3%

Zagueiro pela direita

Lugano – 83%

Fabão – 11%

Breno – 6%

Zagueiro pela esquerda

Miranda – 92%

André Dias – 4%

Bruno Alves – 3%

Lateral-esquerdo

Júnior – 84%

Reinaldo – 10%

Gustavo Nery – 5%

Primeiro volante

Mineiro – 87%

Richarlyson – 7%

Casemiro – 6%

Segundo volante

Josué – 87%

Souza – 8%

Fábio Simplício – 5%

Meio-campista

Hernanes – 64%

Danilo – 25%

Jorge Wagner – 11%

Meia-atacante

Kaká – 84%

Lucas Moura – 13%

Júlio Baptista – 2%

Segundo atacante

Dagoberto – 80%

Leandro Guerreiro – 15%

Reinaldo  – 5%

Centroavante

Luis Fabiano – 65%

França – 30%

Aloísio Chulapa – 5%

Técnico

Muricy Ramalho – 96%

Paulo Autuori – 3%

Emerson Leão – 1%