Futebol

São Paulo conclui trâmite, e Calleri é o novo atacante do clube

Gazeta
Gazeta Esportiva

30 de agosto de 2021 - 21:30 - Atualizado em 30 de agosto de 2021 - 21:45

Faltou pouco para a janela de transferências internacionais fechar, mas o São Paulo conseguiu realizar todos os trâmites burocráticos necessários e oficializar a contratação de Jonathan Calleri nesta segunda-feira. O atacante argentino, que iniciará sua segunda passagem pelo clube, chega por empréstimo válido até o fim de 2022, com opção de compra fixada ao fim deste período.

A diretoria do São Paulo aguardava apenas o recebimento de alguns documentos vindos do Deportivo Maldonado, clube que detém os direitos econômicos de Calleri, para regularizar a transferência do jogador. A demora para o fim do trâmite gerou apreensão entre torcedores nas redes sociais.

Aos 27 anos, Calleri volta ao clube onde viveu o melhor momento de sua carreira. Em apenas seis meses o argentino foi artilheiro do São Paulo na Libertadores de 2016, com nove gols, além de ter sido o maior goleador tricolor daquela temporada, com 16 tentos, números suficientes para que ele ganhasse até mesmo um cântico da torcida: “Ô ô ô, toca no Calleri que é gol”.

Após uma rápida passagem pelo Morumbi, Calleri foi tentar a sorte no futebol europeu, mas não conseguiu se firmar no Velho Continente. O atacante passou pelo West Ham, da Inglaterra, além de Las Palmas, Alavés, Espanyol e Osasuna, da Espanha, sempre por empréstimo.

Calleri pertence ao Deportivo Maldonado, clube de empresários uruguaio que serve como ponte para que seu staff possa fazer negócios. Tem sido assim desde 2015, quando ele foi vendido pelo Boca Juniors.

Calleri chega para suprir a carência por um goleador. Pablo vinha atuando na posição, mas não entregou aquilo que a comissão técnica chefiada por Hernán Crespo esperava. Com o retorno de Luciano, recém-recuperado de lesão, e a ascensão de Rigoni, o setor ofensivo tricolor tem tudo para ganhar força para o segundo semestre.