Futebol

Santos volta a ficar cinco jogos sem vencer depois de quase quatro meses

Gazeta
Gazeta Esportiva

30 de agosto de 2021 - 07:00 - Atualizado em 30 de agosto de 2021 - 07:15

O Santos atingiu a marca de cinco jogos sem vitória após a goleada sofrida para o Flamengo, no último domingo. A última vez que a equipe conseguiu essa marca foi no início de maio, na reta final do Campeonato Paulista.

Na atual sequência, o Peixe cumula três derrotas (Libertad-PAR, Athletico-PR e Flamengo) e dois empates (Fortaleza e Internacional). Nesses jogos, o Santos marcou três gols e sofreu nove, escancarado o momento complicado que a equipe do técnico Fernando Diniz atravessa.

O outro momento que Santos passou por sequência similar foi no período da saída do técnico Ariel Holan com a chegada de Marcelo Fernandes para assumir interinamente o time. Na ocasião o Peixe perdeu quatro jogos (Barcelona-EQU, Novorizontino, Corinthians e Boca Juniors-ARG) e empatou um (Bragantino). O clube corria riscos de ser rebaixado no Paulistão e lutava por uma classificação improvável no mata-mata da Libertadores.

“Temos que saber separar e avaliar o que aconteceu no jogo. Não estou aqui para ficar comentando 4 a 0, eu quero entender o que aconteceu de certo e errado. Nós cometemos erros que a gente não costuma cometer, principalmente no terceiro e quarto gol. O time fez uma partida equilibrada com o Flamengo durante 70 minutos, que é um clube forte, talvez o mais forte do Brasil. Tivemos chance de sair na frente. Dos quatro gols que o Flamengo fez, dois a gente entregou e um pênalti extremamente discutível”, disse o técnico Fernando Diniz após a derrota para o Flamengo.

O próximo jogo do Santos será no dia 4, contra o Cuiabá, fora de casa. Diniz já começa a ser questionado por torcedores nas redes sociais, mas garante que tem uma relação de “confiança” com diretoria e jogadores. A Gazeta Esportiva apurou que o clube confira no treinador e aposta nas semanas livres para que o time evolua.