Futebol

Santos descumpre prazo por Aguilar: “Decepção”, diz presidente do Atlético Nacional

Gazeta
Gazeta Esportiva
Santos descumpre prazo por Aguilar: “Decepção”, diz presidente do Atlético Nacional

4 de setembro de 2020 - 07:00 - Atualizado em 4 de setembro de 2020 - 07:15

O Santos ainda não se acertou com o Atlético Nacional, da Colômbia, pela contratação de Felipe Aguilar, anunciada em janeiro de 2019.

O Peixe foi condenado pela Fifa a pagar 775 mil dólares, parte do valor combinado pelo zagueiro. O prazo venceu em agosto e, com multa e juros, o débito ultrapassou US$ 1 milhão (R$ 5,3 mi). O Alvinegro arcou com só uma das três parcelas.

Felipe Aguilar, do Athletico (Foto: Divulgação)

Aguilar foi vendido pelo Santos ao Athletico por 10 milhões em março. Esse fato irrita mais o Atlético Nacional. O caso permanecerá na Fifa e pode implicar em novas punições para o Peixe.

“O Santos não pagou, não há acordo. Tudo errado… Houve uma decisão a nosso favor e o prazo venceu. Estamos muito incomodados. Víamos no Santos uma grande instituição. O presidente (José Carlos Peres) nunca respondeu meus e-mails. É incrível”, disse o presidente do Atlético Nacional, Juan David Perez, à Gazeta Esportiva. 

Além do Atlético Nacional, o Santos deve ao Huachipato, do Chile, por Soteldo, e precisa pagar R$ 30 milhões ao Hamburgo, da Alemanha, pela contratação de Cleber Reis. A dívida relacionada ao zagueiro fez o Peixe ser punido pela Fifa com o bloqueio no registro de atletas.