Futebol

Presidente do Inter afirma que clubes pensam no Brasileirão com 38 rodadas

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

14 de abril de 2020 - 00:00 - Atualizado em 14 de abril de 2020 - 00:00

Por conta da suspensão das competições pelo coronavírus, a sequência do calendário do futebol brasileiro se tornou uma incógnita. Entretanto, segundo Marcelo Medeiros, presidente do Internacional, a CBF e os clubes das Séries A e B discutem apenas a possibilidade dos campeonatos serem realizados da forma tradicional, com 38 rodadas.

“O principal produto futebolístico do país é o Brasileirão. Para receberem o investimento da Rede Globo (detentora dos direitos de transmissão), os clubes precisam jogar 38 rodadas. Para (o campeonato) dar retorno para a Globo, precisamos de 38 rodadas. Isso tudo está na mesa. Mas a CBF e os clubes convergem para um Brasileirão de 38 rodadas. Todos trabalham com essa ideia”, afirmou o presidente à Gaúcha ZH.

Donaldo Hadlich/Codigo 19/Gazeta Press/Codigo 19’>

Marcelo Medeiros disse que os clubes pensam na manutenção do formato do Brasileirão
Donaldo Hadlich/Codigo 19/Gazeta Press/Codigo 19

O principal problema para a confirmação é a incerteza de quando a bola vai voltar a rolar. Os clubes voltaram a se reunir nesta terça-feira para conversar sobre o futuro do futebol nacional. Além disso, debaterão sobre os direitos internacionais de transmissão das partidas.