Futebol

Palmeiras encerra a temporada com aproveitamento de 47% em clássicos

Gazeta
Gazeta Esportiva

18 de novembro de 2021 - 06:00 - Atualizado em 18 de novembro de 2021 - 07:30

No seu último clássico da temporada, o Palmeiras foi derrotado por 2 a 0 pelo São Paulo, no Allianz Parque, em partida válida pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Verdão encerra esse recorte com 47,6% de aproveitamento em jogos contra os seus rivais.

Ao todo, o Palmeiras disputou 14 clássicos na temporada. A equipe comandada por Abel Ferreira venceu cinco partidas contra rivais, empatou cinco e perdeu outras quatro.

Na primeira fase do Campeonato Paulista, o Verdão atuou com times alternativos. Empatou por 2 a 2 com o Corinthians, na Neo Química Arena, perdeu por 1 a 0 para o São Paulo no Allianz e venceu o Santos por 3 a 2, também em seus domínios.

Na semifinal do estadual, o Palmeiras venceu o Corinthians por 2 a 0, fora de casa. Na decisão, o adversário foi o São Paulo. No primeiro jogo, disputado no Allianz, os times empataram sem gols. No Morumbi, o rival venceu por 2 a 0 e conquistou o título.

Já pelo Campeonato Brasileiro, o primeiro clássico do time alviverde foi o empate por 1 a 1 com o Corinthians, no Allianz. Na sequência, o Verdão venceu o Santos por 3 a 2, novamente em casa. Para encerrar o turno, a equipe empatou sem gols com o São Paulo, no Morumbi.

Na segunda metade da competição, o Palmeiras foi derrotado por 3 a 2 pelo Corinthians na casa do rival, bateu o Santos por 2 a 0 na Vila Belmiro e foi superado por 2 a 0 na partida disputada nesta quarta.

O Verdão também duelou com o clube do Morumbi pelas quartas de final da Libertadores. No primeiro confronto, com mando do São Paulo, os times empataram por 1 a 1. Na volta, a equipe comandada por Abel Ferreira atropelou o Tricolor, vencendo por 3 a 0.

Com o resultado do clássico, o Palmeiras estacionou nos 58 pontos, na terceira colocação. Na próxima rodada, o time visita o Fortaleza, no Castelão, às 19h, em jogo válido pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.