Futebol

No Flamengo, Diego Alves e Piris da Motta estão na mira de estrangeiros

Gazeta
Gazeta Esportiva

15 de junho de 2021 - 19:25 - Atualizado em 15 de junho de 2021 - 19:45

Duas novidades do mercado da bola surgiram no Flamengo nesta terça-feira. Uma envolve o goleiro Diego Alves e a outra o volante Piris da Motta.

Titular absoluto da meta rubro-negra, Diego Alves passou por um longo processo de renovação no fim de 2020. Enquanto o atleta queria uma valorização e contrato de dois anos, o clube só ofereceu um pequeno aumento e vínculo de um ano.

O jogador terminou por aceitar as condições impostas pela diretoria, mas conseguiu incluir uma cláusula de liberação sem custos no contrato, para o caso de uma proposta interessante de fora do país.

Agora, a imprensa italiana está apontando a presença Diego Alves numa lista da Juventus para ser goleiro reserva. Nem o Flamengo nem a equipe de Turim confirmaram a informação, mas foi suficiente para despertar preocupação nos círculos rubro-negros.

Sem reserva à altura, o Flamengo tem em seu camisa 1 um dos pilares da equipe de Rogério Ceni. Não só pelas qualidades técnicas, mas a liderança que o jogador exerce dentro de campo. Diego Alves completará 36 anos na próxima semana.

Japoneses querem Piris da Motta

O volante paraguaio Piris da Motta retornou de empréstimo ao Gençlerbirligi-TUR e foi direto para a seleção de seu país. Ele integra o grupo que disputa a Copa América e só se apresentará ao Flamengo após o fim da participação no torneio.

Como não houve acerto para sua compra definitiva pelo clube turco, o Flamengo decidiu reintegrá-lo, mas não esconde que seu desejo era uma transferência.

Mas o bom desempenho de Piris na Turquia acabou despertando o interesse do Yokohama FC, do Japão, que enviou proposta ao Rubro-Negro.

Piris da Motta, hoje titular na seleção paraguaia aos 26 anos, foi uma aposta da diretoria do Flamengo. O clube pagou quase R$ 26 milhões para o San Lorenzo-ARG para ter o atleta em 2018, mas ele nunca se firmou entre os titulares.