Futebol

Negociado pelo Santos, Porozo tem dificuldade para regularização

Gazeta
Gazeta Esportiva

25 de agosto de 2020 - 07:00 - Atualizado em 25 de agosto de 2020 - 07:15

Negociado pelo Santos com o Boavista, de Portugal, Jackson Porozo encontra dificuldade para regularização e ainda está no Brasil.

Além da limitação de voos no país, o equatoriano Porozo ainda precisa do visto de trabalho europeu. O trâmite deve durar pelo menos mais uma semana.

Enquanto isso, Daniel Manouchehri, empresário do zagueiro de 20 anos, está em Portugal para ajustar os últimos detalhes do contrato até 2025.  

O Peixe ficará com 400 mil euros (R$ 2,6 mi), o equivalente a 80% dos direitos econômicos. O Manta, do Equador, ganha 100 mil euros (R$ 655 mil).

O Alvinegro ainda retém 16% de uma futura venda. O Manta, clube formador do zagueiro de 20 anos, assegurou 4% dos direitos do atleta.

Jackson Porozo é uma promessa do Equador, convocado inclusive para a seleção principal do país. No Alvinegro, porém, ele treinava na equipe B e nunca estreou como profissional.