Esportes

Morre aos 77 anos, Barcímio Sicupira, ídolo do Athletico Paranaense

Jogador que atuava no meio-campo estava em Curitiba, quando faleceu durante a tarde, após se recuperar em casa de uma cirurgia no pulmão

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Morre aos 77 anos, Barcímio Sicupira, ídolo do Athletico Paranaense

7 de novembro de 2021 - 17:03 - Atualizado em 8 de novembro de 2021 - 09:08

Morreu neste domingo (07), aos 77 anos, Barcímio Sicupira Júnior, maior artilheiro do Athletico Paranaense. Sicupira, além do Furacão, onde foi ídolo, jogou em clubes como Botafogo e Corinthians. O ex-jogador estava em Curitiba, quando faleceu durante a tarde, após se recuperar em casa de uma cirurgia no pulmão.

O chamado ‘craque da 8’, nome que fazia referência ao número da camisa que jogava, atuou como comentarista de futebol em rádio e televisão, com passagens pela Rádio Banda B e pela Rede CNT.

No Athletico, jogou entre os anos de 1968 e 1975, com um hiato em 1972, quando foi emprestado ao Sport Club Corinthians Paulista, em 72. Sicupira jogava no meio-campo e marcou 158 gols pelo rubro-negro paranaense, além de ser considerado um dos maiores jogadores do rubro-negro paranaense.

O Athletico Paranaense emitiu o seguinte comunicado:

Hoje é um dia de luto para o Athletico Paranaense e de tristeza indescritível para toda a torcida rubro-negra. Nosso maior artilheiro, o histórico Craque da 8, nos deixou. Assim como o seu legado, nossa saudade será eterna. Obrigado por tudo, Sicupira.

Escreveu a página oficial do clube no Twitter

A prefeitura municipal de Curitiba decretou luto oficial de um dia pela morte de Sicupira. “Perdemos hoje o lendário jogador de futebol Barcímio Sicupira, um orgulho de Curitiba e um dos grandes nomes do futebol paranaense. Vá em paz bom amigo. Descanse em paz”, disse o prefeito Rafael Greca. O governador do Paraná, Ratinho Júnior (PSD), que é torcedor do Athletico, também lamentou a perda: “Domingo triste para o esporte paranaense com o falecimento de Sicupira, ídolo no Paraná e admirado em todo o Brasil. Um homem que deixou marca no nosso futebol e ajudou a fortalecê-lo no país”.

Já o Corinthians, clube onde também jogou, escreveu:

O Corinthians lamenta a morte do saudoso meia Sicupira, aos 77 anos. Ele atuou 22 vezes com a camisa corinthiana na década de 1970, marcando 4 gols. Aos amigos, fãs e à familia do paranaense, o nosso abraço no luto e o desejo de muita força a todos.

Clube paulista Twitter

O Coritiba, rival do Furacão, também lembrou do ídolo rival:

O Coritiba Foot Ball Club lamenta, com pesar, o falecimento do ex-jogador Barcímio Sicupira Júnior, aos 77 anos, neste domingo (07), um dos grandes nomes do futebol paranaense, e maior artilheiro da história do Athletico Paranaense.

Escreveu o clube nas redes sociais

O técnico do Athletico, Alberto Valentim, que também jogou no clube falou sobre a morte do ídolo em entrevista coletiva:

Ficamos muito tristes. Todos os athleticanos acabaram perdendo um grande ídolo. Meus sentimentos à família e aos amigos mais próximos. Eu tive o prazer de conhecê-lo em 1996, em transmissões, em programas esportivos […]. É a perda de um grande ídolo e de uma grande história

Disse o treinador após a vitória sobre o Red Bull Bragantino por 2 a 0, em Bragança Paulista

O jornalista Greyson Assunção, coordenador de esportes da Rádio Banda B, falou sobre a convivência com o ex-jogador e comentarista nos últimos 10 anos:

Aprendi muito de rádio, aprendi muito de futebol, mas o mais legal que eu aprendi com o Sicupira foi de vida. O Sicupira me ensinou e me deu muitos conselhos de vida. Esse é o principal legado que fica pra minha vida. Eu quero poder ter na minha vida pelo menos um pouco da ‘forma Barcímio’ de viver

Conta em entrevista ao RIC Mais

O velório de Barcímio Sicupira Júnior, ‘Craque da 8’, será na Arena da Baixada entre às 12 e 16 horas de segunda-feira (08). Na parte da manhã, a cerimônia será fechada para parentes e amigos. O corpo será cremado ao final da tarde.