Futebol

Meia-atacante Marcinho volta a ser opção no Botafogo para 2022

Gazeta
Gazeta Esportiva

1 de dezembro de 2021 - 17:20 - Atualizado em 1 de dezembro de 2021 - 18:30

O meia-atacante Marcinho teve uma curta passagem pelo Botafogo em 2021. O jogador foi o quinto reforço anunciado pelo Alvinegro para a temporada, no início de março. Apenas cinco meses depois, foi liberado para acertar um empréstimo para o Vitória.

Após se destacar no Cuiabá no Brasileiro do ano passado, Marcinho chegou ao Botafogo com a aprovação do então técnico Marcelo Chamusca. Os dois trabalharam juntos na equipe do Centro-Oeste, que conseguiu o acesso à Série A.

Sem conseguir render o esperado no Alvinegro, Marcinho perdeu espaço com Chamusca e, depois que Enderson Moreira assumiu o comando, nem sequer foi relacionado

Na equipe baiana, entretanto, Marcinho conseguiu reencontrar seu futebol e foi um dos principais destaques do time. Isso, entretanto, não foi suficiente para impedir o rebaixamento do Vitória para a Série C.

Com o fim do empréstimo, o jogador se despediu do Vitória e ficará à disposição do Botafogo, pois tem contrato com o clube até o fim de 2022.

“Existem coisas que a gente não consegue descrever com palavras. Tenho certeza que uma delas é o sentimento que criei pelo Vitória e pela cidade de Salvador nesses três meses, mas, mesmo assim, eu não poderia deixar de me despedir. Saio muito triste pelo resultado, mas meu coração está feliz por ter vivido o amor que cada torcedor tem no peito por esse clube, feliz por ter feito amizades que levarei para minha vida toda e por ter trabalhado com pessoas que me fizeram um melhor homem e melhor jogador” – postou Macinho em sua conta no Instagram.

Com muitas indefinições no elenco por conta de contratos que terminam neste fim de ano, e sem dinheiro para grandes contratações, o técnico Enderson Moreira pode optar por dar mais uma chance ao meia-atacante para avaliá-lo no Campeonato Carioca.

Aos 25 anos, Marcinho apresenta boas credenciais. Além do Cuiabá, o meia-atacante já defendeu Goiás, Sport, Athletico-PR, São Paulo, São Bernardo e Remo. Ele também atuou pelo Corinthians nas categorias de base.