Futebol

Maior campeão estadual, Coritiba inicia o Campeonato Paranaense com reforços para a temporada

Com 38 títulos estaduais, Coxa tem novos jogadores da defesa ao ataque para 2022

Johan
Johan Gaissler
Maior campeão estadual, Coritiba inicia o Campeonato Paranaense com reforços para a temporada
Gustavo Morínigo fica no Coxa para 2022. (Foto: Reprodução/Coritiba)

14 de janeiro de 2022 - 21:27 - Atualizado em 14 de janeiro de 2022 - 21:27

Com 38 títulos estaduais, o Coritiba chega a temporada 2022 com o dever cumprido de voltar à elite nacional no final do ano passado. Confira como vem o alviverde para o Campeonato Paranaense na série especial do RIC Mais sobre os 12 clubes da competição. O clube destaque na última matéria foi o Cianorte.

Na última edição do Estadual, o Coxa foi eliminado ainda na primeira fase da competição, resultado que deixou o clube em um dos momentos de maior tensão em 2021. A saída precoce, no entanto, não custou o cargo do técnico Gustavo Morínigo, que iniciará mais uma temporada a frente do Verdão.

Com reforços como o atacante Alef Manga, o meia Régis, o lateral Egídio e o zagueiro Guillhermo de los Santos, o clube vai chegar ao Campeonato Paranaense com força máxima para o início da nova temporada. O 38º título estadual coxa-branca foi conquistado em 2017.

Elenco

O plantel profissional do Coritiba para 2022, até o momento, conta com:

  • Goleiros: Alex Muralha e Wilson
  • Laterais: Angelo, Egídio, Guilherme Biro, Matheus Alexandre e Natanael
  • Zagueiros: Guillermo de los Santos, Henrique, Vermudt, Luciano Castán, Marcio, Nathan Ribeiro e Thalisson Gabriel
  • Meias: Bernardo, Val, Willian Farias, Gustavo Bochecha, Matheus Sales, Biel, Régis e Robinho
  • Atacantes: Alef Manga, Edson, Igor Paixão, Joao Vitor, Vinicius Ribeiro, Léo Gamalho e Luizão

O clube

Fundado em 12 de outubro de 1909, o Coritiba Foot-Ball Club é o clube mais antigo do estado do Paraná. O nome é homônimo a então grafia da capital paranaense. A alcunha “coxa-branca” se deve ao fato dos atletas do clube, no início do século XX, terem origem europeia e cor branca.

O Coxa foi o primeiro clube paranaense campeão a nível nacional, com a conquista do Campeonato Brasileiro de 1985. A conquista também credenciou o time a disputar a Libertadores no ano seguinte, a primeira com participação de uma equipe do estado.

Estrutura

O Estádio Couto Pereira, localizado no bairro Alto da Glória, é um dos principais palcos do futebol paranaense. Inaugurado em 1932, ainda com o nome de Belfort Duarte, o estádio tem capacidade para cerca de 40 mil torcedores e torcedoras. Durante 90 anos de história, o local passou por reformas e ampliações, mas mantém o formato oval olímpico.

Couto Pereira
(Foto: Divulgação/Site)

Já o Centro de Treinamento Bayard Osna, localizado na Estrada da Graciosa, foi inaugurado em 1997. A estrutura conta com cinco campos de futebol, três vestiários, piscina térmica, academia, estacionamento e clínicas nas áreas de fisiologia, fisioterapia, psicologia e nutrição.

Um dos campos do CT Bayard Osna. (Foto: Divulgação/Site)

Mascote

O ‘Vovô Coxa’ é o mascote que representa a torcida do Coritiba. A imagem representa um personagem real, a de Max Kopf, torcedor-símbolo nos primeiros anos de história do clube.

Nos jogos no Couto Pereira, a simpática fantasia do senhor torcedor do Verdão fica atrás dos gols onde a equipe alviverde ataca, com a ideia de trazer sorte aos atletas.

‘Vovô Coxa’, mascote do clube do Alto da Glória. (Foto: Divulgação/Site)

Tabela no Paranaense

  • 1ª rodada – Coritiba x Cianorte
  • 2ª rodada – Operário x Coritiba
  • 3ª rodada – União x Coritiba
  • 4ª rodada – Coritiba x Rio Branco
  • 5ª rodada – São Joseense x Coritiba
  • 6ª rodada – Londrina x Coritiba
  • 7ª rodada – Coritiba x FC Cascavel
  • 8ª rodada – Coritiba x Athletico
  • 9ª rodada – Paraná x Coritiba
  • 10ª rodada – Azuriz x Coritiba
  • 11ª rodada – Coritiba x Maringá

As oito melhores equipes desta fase avançam para as quartas de final. As duas últimas são rebaixadas para a divisão de acesso.