Futebol

Liverpool se recusa a liberar Salah para Eliminatórias da Copa devido à covid-19

Gazeta
Gazeta Esportiva

23 de agosto de 2021 - 14:08 - Atualizado em 23 de agosto de 2021 - 14:30

Na próxima quarta-feira, a seleção egípcia enfrenta a Angola pelas Eliminatórias da Copa do Mundo e não deve contar com o seu principal jogador. O Liverpool não tem planos de liberar Mohamed Salah, visto que o Egito está na lista vermelha do Reino Unido.

Devido a preocupações com as restrições de quarentena da covid-19, o time inglês não deve ceder o jogador. A lista vermelha é uma forma de classificação do governo do Reino Unido para viagens internacionais. Com isso, eles avaliam o Egito com alta chance de transmissão do vírus.

Salah precisaria ficar em um hotel por 10 dias em seu retorno ao país. Isso o excluiria da viagem do Campeonato Inglês para jogar contra o Leeds United, dia 12 de setembro.

Os dirigentes de Anfield insistem à federação egípcia de futebol uma posição da European Club Association (ECA), que pretende seguir o plano de que nenhum jogador será liberado para o serviço internacional se tiver que ficar de quarentena para voltar ao Reino Unido.