Futebol

“La Liga poderia ter sido mais compreensiva”, diz Rivaldo sobre saída de Messi do Barcelona

Gazeta
Gazeta Esportiva
“La Liga poderia ter sido mais compreensiva”, diz Rivaldo sobre saída de Messi do Barcelona

6 de agosto de 2021 - 19:34 - Atualizado em 6 de agosto de 2021 - 19:45

Em entrevista à Betfair.net, Rivaldo falou sobre a saída de Lionel Messi do Barcelona, anunciada nesta quinta pelo clube catalão. “La Liga perderá muito sem Lionel Messi no Barcelona”, resumiu o brasileiro, que também vestiu por anos a camisa 10 do time catalão.

O Barcelona anunciou que Messi não vai assinar um novo contrato com o clube devido a obstáculos financeiros e estruturais impostos pela Liga, uma vez que os jogadores e o clube conseguiram chegar a um acordo.

“É realmente uma pena que sua grande história no clube chegue ao fim e tenho certeza de que ele fará falta por um bom tempo no Camp Nou, mas La Liga também sentirá falta dele, porque sua reputação e visibilidade mundial foram fundamentais para a liga”, afirmou Rivaldo.

“Pelo lado do Barcelona, posso dizer que a vida continua e a saída de Messi será sempre uma questão de tempo – transferência, rescisão de contrato, aposentadoria. O clube é enorme e continuará a ser um dos maiores do mundo”, acrescentou o ex-jogador.

Messi e Rivaldo. (Foto: Reprodução/Instagram)

Rivaldo também analisou qual pode ser o destino do craque argentino: “Agora, será a hora de escolher um novo clube e acho que Messi continua no seu auge aos 34 anos.”

“Pep Guardiola, do Manchester City, ainda está desesperado por um título da Champions League e poderia ser uma boa opção, já que ele se reuniria com um treinador que conhece bem e um clube cheio de grandes jogadores, além de competir em uma Premier League, que é sempre atraente para qualquer jogador”, acrescentou.

O atleta entende La Liga deveria ter sido mais compreensiva e acha as partes poderiam estabelecido algum tipo de acordo.

“Honestamente, vejo a saída de Lionel Messi mais como uma grande derrota para a La Liga do que um simples compromisso regulamentar. Afinal, o maestro argentino foi um dos maiores motivos para tantos países terem interesse em cobrir a Liga Espanhola na TV”, afirmou.

“De qualquer maneira, respeito a decisão de La Liga de se manter inflexível, mas tenho certeza que eles serão prejudicados com essa situação de perder o melhor jogador do mundo e talvez se arrependam dessa decisão em um futuro próximo”, finalizou Rivaldo.