Futebol

Jogadores do Atlético-MG celebram conquista do bicampeonato brasileiro no Mineirão

Gazeta
Gazeta Esportiva

5 de dezembro de 2021 - 17:49 - Atualizado em 5 de dezembro de 2021 - 20:30

O domingo atleticano foi marcado por festa completa. O Galo venceu o Bragantino por 4 a 3 e, após o apito final, os jogadores levantaram a taçã do bicampeonato brasileiro na frente do seu torcedor, no Mineirão.

Vários jogadores falaram sobre a conquista atleticana. Diego Costa, que chegou no decorrer da competição, exaltou o elenco do Galo. “É uma família, cheguei aqui e não via nenhum ego, todos sempre com vontade. É um grupo muito bom, com qualidade, com pé no chão. Todos estão de parabéns, inclusive o Cuca, que é um ótimo treinador”, disse o atacante.

Guilherme Arana falou sobre a emoção do título e ainda respondeu sobre uma possível convocação para a Copa do Mundo de 2022. “É Especial, muito. Ano passado batemos na trave, tropeçamos em alguns jogos que não poderíamos. Desde o ano passado desempenhamos bem e temos a ajuda do grupo. A gente sempre entra para vencer e a partir de amanhã pensamos na Copa do Brasil”, disse o lateral.

“As coisas sempre aconteceram na minha vida naturalmente. Tenho sonho de disputar a Copa, estou muito feliz, mas a Copa é só no final do ano que vem e temos outros campeonatos pela frente”, concluiu.

Keno, fundamental na reta final de Campeonato do Galo, disse que a “ficha ainda não caiu” e que esse grupo “entrou para a história.”

Agora o grupo atleticano volta suas atenções para a disputa da final da Copa do Brasil contra o Atlhetico-PR. A tendência é que Galo jogue com um time alternativo na última rodada, contra o Grêmio.

Presença de ídolos

Ídolos do Galo como Éder, Dadá Maravilha e Reinaldo foram homenageados na comemoração do título brasileiros. Todos participaram das festividades com jogadores do atual elenco e tiveram contato com a taça.