Futebol

Internacional empata contra Ypiranga-RS e mantém liderança no Gauchão

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

2 de fevereiro de 2020 - 00:00 - Atualizado em 2 de fevereiro de 2020 - 00:00

Valendo a liderança do Grupo A no Campeonato Gaúcho, Internacional e Ypiranga-RS não saíram do zero no Estádio Colosso da Lagoa, em Erechim. Por conta da primeira partida da Pré-Libertadores, na próxima terça-feira, diante da Universidad de Chile, Eduardo Coudet optou por poupar boa parte dos titulares do elenco no duelo deste sábado.

Com o resultado, ambas as equipes chegaram aos 10 pontos na competição. No entanto, Inter marcou quatro gols a mais do que o adversário no decorrer das quatro rodadas e está na ponta da tabela.

Diferente do Colorado, que tem um compromisso pela Liberta, o Ypiranga só volta a campo no domingo que vem. A equipe comandada por Paulo Henrique Marcos terá pela frente o Juventude, fora de casa, Às 16 horas (de Brasília)

Depois da chance desperdiçada por Marcos Guilherme, que isolou na frente do gol logo aos 11 minutos, o primeiro tempo teve poucas oportunidades claras. O Internacional se lançava ao ataque, mas errava muitos passes e não demonstrava qualquer padrão de jogo. Ypiranga até tentava chegar ao gol e se achou em alguns momentos. No entanto, não perturbavam a meta de Marcelo Lomba.

Na volta do vestiário, a tônica do jogo seguiu a mesma. A melhor chegada foi do Internacional, com Matheus Guilherme. Thiago Galhardo, que teve boas participações no momento ofensivo, serviu o meio-campista do Inter, que deixou marcação falando sozinha, porém, acabou perdendo a passada. O Ypiranga chegou a levantar a sua torcida faltando um minuto para o apito final. Ávila recebeu pelo lado esquerdo e cruzou para Pedrinho. Dentro da grande área, o meia conseguiu desviar a bola e exigiu boa defesa de Marcelo Lomba.

FICHA TÉCNICA:

YPIRANGA X INTERNACIONAL

Local: Estádio Colosso da Lagoa, Erechim (RS)

Data: 1 de fevereiro de 2020, sábado

Horário: 19h (de Brasília)

Árbitro: Eder Davi Zanella

Assistentes: Michael Stanislau e Claiton Timm

Cartões Amarelos: Heitor, Praxedes e Boschilia (todos do Internacional); Saimon (Ypiranga)

YPIRANGA: Deivity; Muriel, Saimon, Diogo Silva, Henrique Ávila; Henrique Schwarzer, Clayton, Zotti (Pedrinho), Leilson (Tárik); Jean Silva, Neto Pessoa (Fernandinho).

Técnico: Paulo Henrique Marcos

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Heitor, Pedro Henrique, Zé Gabriel, Uendel; Johnny, Marcos Guilherme (Netto), Nonato, Boschilia (Guilherme Pato), Sarrafiore (Praxedes); Thiago Galhardo

Técnico: Eduardo Coudet