Futebol

Atlético-MG reprova atitude do Flamengo por ingressos e pede reconsideração ao STJD

Gazeta
Gazeta Esportiva

29 de outubro de 2021 - 21:59 - Atualizado em 29 de outubro de 2021 - 23:00

Após ter seu pedido de liminar no STJD para que seus torcedores tivessem acesso ao Maracanã, no próximo sábado, contra o Flamengo, concedido pelo tribunal, o Galo informou nesta sexta-feira que pedirá uma reconsideração da decisão.

Em nota, o clube se justificou dizendo que o tempo hábil para a comercialização dos ingressos era muito curto e culpou o Flamengo pela demora para responder sua solicitação.

A polêmica se deu após o Galo fazer um pedido ao clube carioca para que seus torcedores pudessem ter acesso a 10% da carga total de ingressos disponibilizada para a partida. Porém, após o Flamengo demorar mais de uma semana para responder, a diretoria atleticana entrou com liminar no STJD e teve seu pedido concedido. Agora, o clube quer voltar atrás.

”A operacionalidade da compra, pelo Atlético, da carga de 10% dos ingressos inicialmente solicitada, mostrou-se inviável, frente às exigências sanitárias para acesso do torcedor ao estádio e curtíssimo tempo até o jogo (decorrente da demora e do desinteresse do Flamengo em responder a solicitação do Galo)”, escreveu o Atlético-MG em seu site oficial.

Além disso, o Galo também condenou a postura de Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, que teria ignorado ligações e mensagens de Whatsapp do presidente atleticano Sérgio Coelho.

”O Atlético lamenta a atitude antidesportiva do adversário e a forma arrogante e desrespeitosa de conduzir o processo, tendo sido, inclusive, o seu presidente Rodolfo Landim procurado em três tentativas, desde a última quarta-feira, pelo presidente do Atlético, Sérgio Coelho, que sequer resposta teve”, revelou o clube.

Flamengo e Atlético-MG se enfrentarão neste sábado em partida importantíssima para o andamento do Campeonato Brasileiro. Em caso de vitória mineira, as chances de título do Galo ficarão ainda mais reais. Na mesma medida, se o Flamengo vencer, as esperanças para o tricampeonato seguirão vivas.

Confira a nota emitida pelo Galo na íntegra:

Sobre a venda de ingressos para a torcida do Galo, relativa ao jogo deste sábado, 30/10, entre Atlético e Flamengo, no Rio de Janeiro, o Atlético esclarece que:

1. Por entender que o pleito do Atlético era justo, o STJD concedeu liminar favorável ao Galo e determinou que o Flamengo disponibilizasse a carga de ingressos para a torcida visitante;

2. No entanto, a operacionalidade da compra, pelo Atlético, da carga de 10% dos ingressos inicialmente solicitada, mostrou-se inviável, frente às exigências sanitárias para acesso do torcedor ao estádio e curtíssimo tempo até o jogo (decorrente da demora e do desinteresse do Flamengo em responder a solicitação do Galo);

3. Diante disso, o Atlético entrou, no STJD, com pedido de reconsideração da decisão proferida hoje, 29/10, solicitando que seja determinada ao Flamengo a disponibilização de ingressos para a torcida visitante, em sua plataforma de venda, sem que o Galo tenha por obrigação efetuar a compra da carga inicialmente requerida. Tal pedido se baseia na premissa de que o Atlético não pode, além do prejuízo desportivo, suportar, também, o ônus financeiro causado pela conduta imprópria do Flamengo;

4. O Atlético lamenta a atitude antidesportiva do adversário e a forma arrogante e desrespeitosa de conduzir o processo, tendo sido, inclusive, o seu presidente Rodolfo Landim procurado em três tentativas, desde a última quarta-feira (duas por telefone e uma por WhatsApp), pelo presidente do Atlético, Sérgio Coelho, que sequer resposta teve.