Futebol

Galiotte justifica saída de Felipe Melo e diz: “Palmeiras precisa de reformulação”

Gazeta
Gazeta Esportiva

5 de dezembro de 2021 - 21:31 - Atualizado em 5 de dezembro de 2021 - 23:15

Mesmo a poucos dias de encerrar o seu mandato como presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte segue tomando decisões importantes dentro do clube. Neste sábado, a diretoria alviverde anunciou que não irá renovar os contratos de Felipe Melo e Jailson para a próxima temporada.

Neste domingo, em entrevista exclusiva ao Mesa Redonda, da TV Gazeta, o mandatário explicou os motivos para encerrar o vínculo com dois jogadores tão vitoriosos e queridos pela torcida.

“São dois ídolos, dois vencedores e líderes. Eles ficarão eternizados no Palmeiras, participaram de todo esse projeto. O planejamento do Palmeiras contempla uma renovação, o futebol é muito dinâmico, requer aprimoramento de elenco constante. O Felipe é o nosso capitão, temos muita gratidão pelo que ele fez, foi debatido a permanência ou não, ele gostaria de dois anos a mais, mas o que está definido pelo planejamento institucional do clube? O Palmeiras necessita de reformulação, de tal maneira que foi definido que os nomes de Felipe e Jailson não seriam renovados para o próximo ciclo”, disse.

“É uma decisão do Palmeiras, a luz do processo de reformulação. São jogadores de muito potencial, mas a dinâmica do futebol exige que os clubes que querem continuar vencendo a tomar uma decisão e é por isso que decidimos não renovar com eles”, completou.

E a tendência é que o elenco do Verdão sofra ainda mais mudanças antes do início da temporada de 2022, que já começa com o Mundial de Clubes para a equipe de Abel Ferreira. Galiotte destacou que alguns nomes devem deixar o Alviverde em breve.

“Em 10 dias eu não estarei mais no cargo, então não vou citar nomes, até porque faz parte do planejamento do clube. O Palmeiras está fazendo uma reestruturação, vai reformular parte do elenco, alguns jogadores continuarão e outros não. Todo esse movimento faz parte do planejamento para o próximo período”, comentou.

No momento, dois jogadores têm a situação indefinida, mas com grande probabilidade de saída: o atacante Luan Silva e o volante Danilo Barbosa. Além deles, Willian tem despertado interesse de outras equipes, como o Santos. O atleta de 35 anos recebeu poucas chances com Abel Ferreira no segundo semestre.

A permanência de Luiz Adriano também é questionada. Mesmo com contrato até junho de 2023, o centroavante se envolveu em polêmicas com os torcedores e tem jogado pouco.

Todas essas pendências, no entanto, vão ficar sob responsabilidade de Leila Pereira. A empresária assume o lugar de Maurício Galiotte no próximo dia 15.