Futebol

Fluminense sai na frente, mas leva virada e goleada do Athletico-PR no Brasileirão

Gazeta
Gazeta Esportiva

30 de junho de 2021 - 18:04 - Atualizado em 30 de junho de 2021 - 18:30

O Athletico-PR goleou o Fluminense por 4 a 1 na tarde desta quarta-feira no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols de Richard, Vitinho, Zé Ivaldo e Nikão levaram o Furacão a 14 pontos, brigando entre os líderes. Já o Tricolor ficou com 11 pontos, no meio da tabela. Fred fez o gol dos cariocas.

As duas equipes ainda se estudavam quando o Fluminense abriu o placar no primeiro minuto. Cazares cruzou da direita e Fred cabeceou sem chances para o goleiro Santos. O lance deixou o Furacão atordoado e o Tricolor dono da situação.

Por 20 minutos os paranaenses não conseguiram passar do próprio campo. Tanto que o Flu teve boas oportunidades de ampliar. Aos três minutos Cazares chutou para grande defesa do goleiro. Aos dez minutos Nenê cobrou falta e Yago cabeceou para fora. Já aos 17 minutos Santos evitou o gol de Nenê em um chute eficiente.

Mas o Fluminense parou de jogar depois dos 20 minutos e começou a ser castigado. Aos 24, o Furacão empatou. Richard recebeu de Léo Cittadini, se livrou da zaga e chutou sem chances para Marcos Felipe.

O Tricolor não assimilou o golpe e passou a ser dominado. Assim, só não levou a virada aos 38 minutos porque o gol de Léo Cittadini foi corretamente anulado pelo árbitro Ricardo Marques Ribeiro. Entretanto, ele precisou do VAR para ver impedimento no começo da jogada.

As duas equipes deram a impressão de que não voltaram para o segundo tempo. O Furacão não conseguia segurar a bola no campo de ataque, mas também não sofria porque o Fluminense não tinha poder de penetração.

Uma prova de como o ritmo caiu é que o primeiro lance de perigo da segunda etapa aconteceu aos 17 minutos, quando Santos defendeu um chute de Calegari.

Após algumas mudanças que tornaram o time mais ofensivo, como a entrada de Nikão, o Furacão passou a dominar o jogo. Assim chegou à virada aos 28 minutos. Vitinho fez o gol em um chute muito bem colocado. Ele levou a bola para o meio antes de fuzilar Marcos Felipe.

O Fluminense ficou atordoado e acabou levando o terceiro gol aos 30 minutos. Nikão cobrou falta e Zé Ivaldo, livre de marcação, cabeceou para o fundo da rede.

Nos acréscimos do segundo tempo, o árbitro usou o VAR para marcar pênalti de Martinelli em Léo Cittadini. Nikão cobrou e fez o gol. Era o decreto da vitória paranaense.

As duas equipes voltam a campo no fim de semana pelo Campeonato Brasileiro. No sábado, às 19h (de Brasília), o Fluminense recebe o Fortaleza na Arena da Baixada, em Curitiba (PR). Já no domingo, o Tricolor tem o clássico com o Flamengo às 16h (de Brasília). O duelo será na Neo Química Arena, em São Paulo (SP).

FICHA TÉCNICA:

FLUMINENSE 1 X 4 ATHLETICO-PR

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)

Data: 30 de junho de 2021, quarta-feira

Hora: 16h (de Brasília)

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)

Assistentes: Ricardo Junio de Souza (MG) e Leonardo Henrique Pereira (MG)

VAR: Vinicius Furlan (SP)

Cartões amarelos: Fred (Fluminense) e Richard (Athletico)

Gols:

FLUMINENSE: Fred a 1 minuto do 1º Tempo

ATHLETICO-PR: Richard aos 24 minutos do 1º Tempo e Vitinho aos 28, Zé Ivaldo aos 30 e Nikão aos 49 minutos do 2º Tempo

FLUMINENSE: Marcos Felipe, Calegari, Nino, Luccas Claro e Egídio; Martinelli, Yago (Kayky), Nenê (Matheus Martins) e Cazares (Paulo Henrique Ganso); Gabriel Teixeira (João Neto) e Fred

Técnico: Roger Machado

ATHLETICO-PR: Santos, Marcinho, Thiago Heleno, Zé Ivaldo e Abner Vinícius; Richard, Léo Cittadini, Terans, Fernando Canesin (Nikão) e Carlos Eduardo (Vitinho); Matheus Babi (Pedro Henrique)

Técnico: Antonio Oliveira