Futebol

Fernando Diniz defende lei contra demissões de técnicos no Brasil

Gazeta
Gazeta Esportiva

11 de julho de 2021 - 11:00 - Atualizado em 11 de julho de 2021 - 11:15

Fernando Diniz, atualmente no Santos, defende uma lei no Brasil para impedir a troca desenfreada de técnicos.

O técnico do Peixe opinou após ser perguntado sobre a saída de Rogério Ceni no Flamengo. Horas depois, o clube carioca anunciou Renato Gaúcho.

“Cenário é lamentável, as trocas, as maneiras como se troca e se contrata… A maioria das demissões sou contra. Maior problema é esse critério de contratação. Clube está atrás de um estilo totalmente diferente, alguém que joga para frente e propõe jogo… Não é certo ou errado, todas as maneiras são válidas no futebol, mas vai mal, e um mês depois contrata o oposto. Para o futebol é muito ruim. Só vai mudar, infelizmente, se for lei, assim como outras coisas na sociedade”, disse Diniz, em entrevista coletiva.

“Seria de bom senso, até inteligência, as equipes mudarem pouco. É ruim para instituição, jogadores, todos. Mas parece que, enquanto não houver uma lei de fato não poder trocar, vão continuar trocando. E quando pararem as trocas, vão ver que haverá uma produção melhor”, completou.

Até o momento, a CBF apenas proibiu a demissão de mais de um técnico ao longo da mesma edição do Campeonato Brasileiro.