Futebol

Eriksen volta a treinar após sofrer parada cardíaca e passar 173 dias afastado

Gazeta
Gazeta Esportiva

2 de dezembro de 2021 - 15:24 - Atualizado em 2 de dezembro de 2021 - 16:45

Depois de 173 dias afastado devido a uma parada cardíaca sofrida no jogo entre Dinamarca e Finlândia, pela Eurocopa de 2021, o meia Christian Eriksen  nesta quinta-feira retornou aos gramados e treinou no CT do clube dinamarquês Odense, ao lado de um personal.

Durante as atividades, o meia fez exercícios cardiovasculares e se exercitou com a bola.

“Eriksen se aproximou de nós e agora está treinando sozinho. É natural para ele, já que jogou aqui em sua juventude e mora na esquina do CT. Estamos muito felizes de poder oferecer as estruturas de treinamento”, comentou um representante do clube ao jornal Marca.

Até o momento, Eriksen não foi liberado para voltar a jogar com a Inter de Milão devido ao desfibrilador implantado em seu peito. O aparelho é proibido no Campeonato Italiano e, portanto, o impede de jogar por sua equipe.

Ainda não há como prever se Eriksen voltará a jogar profissionalmente, mas as atividades realizadas nesta quinta-feira podem alivia os torcedores após o ocorrido na última edição da Eurocopa.