Futebol

Edenílson brilha, e Inter vence o Athletico-PR de virada pelo Brasileirão

Gazeta
Gazeta Esportiva

13 de novembro de 2021 - 20:02 - Atualizado em 14 de novembro de 2021 - 19:50

Pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Internacional venceu o Athletico-PR de virada por 2 a 1, neste sábado, no Beira-Rio. David Terans abriu o placar para o Furacão, mas Edenílson, que foi convocado para substituir o suspenso Casemiro na Seleção Brasileira, marcou duas vezes e garantiu o triunfo.

O primeiro tempo foi movimentado, com os dois times criando boas chances. O Athletico saiu na frente em grande jogada de Terans, que driblou dois jogadores do Inter e tocou na saída de Lomba para balançar a rede aos 36 minutos. Pouco depois, no entanto, Edenílson aproveitou a boa jogada coletiva dos donos da casa e deixou tudo igual após ajeitada de Palacios dentro da área.

Já na segunda etapa, o Colorado foi melhor e chegou ao empate com um golaço. Após chute desviado de Maurício, Edenílson ficou com a sobra dentro da área e chegou dando uma cavadinha para encobrir Santos e sacramentar a virada.

Com o resultado, o Internacional assumiu momentaneamente a sexta colocação, com 47 pontos. O Corinthians, que caiu para o sétimo lugar, iniciou a rodada com a mesma pontuação, mas enfrenta o Cuiabá na Neo Química Arena ainda neste sábado. O Athletico-PR, por sua vez, tem 41 pontos e está na 10ª posição.

O próximo compromisso do Furacão é diante do líder Atlético-MG, às 16 horas (de Brasília) de terça-feira, na Arena da Baixada. Já o Inter volta a campo na quarta-feira para enfrentar o Cuiabá, às 19 horas, na Arena Pantanal.

O jogo – Mesmo fora de casa, o Athletico-PR começou melhor e criou a primeira chance do jogo, em chute de canhota de Terans de fora da área que passou perto da trave de Marcelo Lomba. O Internacional respondeu com Rodrigo Lindoso, que cabeceou com perigo após cruzamento de Patrick, e Palacios, que chutou em cima de Santos ao ficar com rebote dentro da área.

Patrick chegou a balançar a rede ao receber de Palacios dentro da área, mas pelo lado de fora. Já Renato Kayzer recebeu lançamento de Marcinho dentro da área e, mesmo sozinho, chutou mal depois de girar e mandou para fora.

O Furacão abriu o placar aos 36 minutos do primeiro tempo. No contra-ataque, Terans recebeu pela direita, passou por dois marcadores do Inter, invadiu a área e tocou na saída de Lomba para marcar um golaço.

A vantagem visitante, no entanto, pouco durou. Aos 39, Moisés tabelou com Patrick, entrou na área e encontrou Palacios, que ajeitou para Edenílson chegar chutando e deixar tudo igual.

No fim da primeira etapa, ainda deu tempo de Léo Cittadini ter boa chance dentro da área ao ficar com a sobra em cruzamento de Marcinho, mas chutou para fora.

Segundo tempo

O Inter voltou melhor para a segunda etapa. Logo aos três minutos, Palacios fez boa jogada após roubada de bola de Moisés e chutou rasteiro de pé direito, levando perigo. Já o Athletico chegou com Nico Hernández, finalizando após cobrança de escanteio.

O Furacão chegou a ter um pênalti marcado a seu favor, mas que foi anulado. Pedrinho foi lançado dentro da área e acbaou derrubado por Saravia, mas estava impedido no momento do passe.

A penalidade fez falta, já que o Internacional virou o jogo aos 19 minutos. Johnny roubou a bola no meio-campo e acionou Maurício, que entrou na área chutou em cima da marcação. A bola sobrou para Edenílson, que chegou dando uma cavadinha para encobrir Santos e anotar um lindo gol.

Com a vantagem, o Inter se fechou, passando a chegar menos ao ataque, mas sem levar qualquer susto do Athletico-PR. Com isso, o Colorado segurou o placar e ficou com a vitória.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 2 X 1 ATHLETICO-PR

Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Data: 13 de novembro de 2021, sábado

Horário: 19h00 (de Brasília)

Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)

Assistentes: Kleber Lucio Gil (Fifa-SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC)

VAR: Rodrigo Dalonso Ferreira (Fifa-SC)

Cartões amarelos: Bruno Méndez, Rodrigo Lindoso, Víctor Cuesta, Maurício e Rodrigo Dourado (Internacional); Marcinho, Thiago Heleno e David Terans (Athletico-PR)

GOLS

INTERNACIONAL: Edenílson, aos 39 minutos do 1ºT; Edenílson, aos 19 minutos do 2ºT

ATHLETICO-PR: David Terans, aos 36 minutos do 1ºT

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Saravia (Heitor), Bruno Méndez, Víctor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Rodrigo Lindoso (Johnny), Edenílson, Palacios (Gabriel Mercado) e Patrick; Matheus Cadorini (Maurício).

Técnico: Diego Aguirre

ATHLETICO-PR: Santos; Pedro Henrique (Jader), Thiago Heleno (Zé Ivaldo) e Nico Hernández; Marcinho, Christian (Bissoli), Léo Cittadini e Pedrinho; Nikão (Pedro Rocha), Renato Kayzer (Carlos Eduardo) e David Terans.

Técnico: Alberto Valentim