Futebol

Coritiba é superior, derrota o América-MG e mantém invencibilidade dentro de casa

Com a vitória, time do Alto da Glória termina a rodada perto do G-4 do Brasileirão.

Bruno
Bruno Videira
Coritiba é superior, derrota o América-MG e mantém invencibilidade dentro de casa
Andrey faz o único gol da partida. - Foto: Coritiba

15 de maio de 2022 - 19:36 - Atualizado em 15 de maio de 2022 - 20:57

Coritiba recebeu o América-MG no fim da tarde deste domingo (15), pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro e venceu por 1 a 0. Gol foi marcado por Andrey, nos acréscimos do primeiro tempo.

PRIMEIRO TEMPO

Com 8 minutos, cobrança de escanteio para o Coxa. Régis joga na área e a zaga afasta parcialmente. Na sobra, Henrique enche o pé e Jailson joga para escanteio.

Aos 15 minutos, o Coritiba tem oportunidade em cobrança de falta: Andrey chuta rasteiro no canto esquerdo, obrigando Jailson fazer outra defesa.

A partida fica pegada, os jogadores se desentendem e a arbitragem tenta acalmar os ânimos: Willian Farias e Índio Ramirez levam cartão amarelo pela confusão no meio de campo. No minuto seguinte, Patric leva cartão pelo Coelho depois de falta dura em Hugo.

E na cobrança de falta, Egídio manda direto para o gol e a bola quase engana Jailson, que deu tapa para escanteio.

Com 23 minutos, Léo Gamalho lança para Alef Manga e fica cara a cara com Jailson, que faz a defesa. Mas tinha irregularidade no lance: impedimento marcado pela arbitragem.

Com 38 minutos jogados, Iago Maidana acerta um chute na cabeça de Léo Gamalho, recebe o segundo amarelo e é expulso. Antes, ele já tinha levado cartão por falta em Régis. Vai para o chuveiro mais cedo.

Nos acréscimos, Léo Gamalho toca para Egídio, que cruza na área e Andrey toca de cabeça, no cantinho para abrir o placar. Coritiba 1 a 0.

SEGUNDO TEMPO

Aos 3 minutos, América-MG toca errado e Andrey rouba a bola, que parte em arrancada e chuta da entrada da área e Jailson encaixa a defesa. Em seguida, Alef Manga recebe a bola pela esquerda, chuta e acerta o travessão. Mas a arbitragem ponta impedimento no ataque coxa-branca.

O Coelho responde em jogada individual de Aloísio, que chuta em cima do Luciano Castán e a bola sai em lateral.

Coritiba tem chance em cobrança de falta: Régis toca rasteiro para Andrey, que lança na área e Henrique chuta de esquerda. Jailson faz grande defesa. A pressão continua aos 20 minutos, quando Robinho toca para Fabrício Daniel, que dribla o marcador e chuta forte. Jailson faz a defesa em dois tempos.

O América chega com Henrique Almeida, que levou para a perna direita e chuta no canto baixo esquerdo de Muralha.

O Coxa ainda respondeu em contra-ataque. Aos 43 minutos, Andrey recebe sozinho e sai na cara do gol. Jailson faz a defesa, mas a arbitragem aponta outro impedimento no ataque coxa branca. Nos acréscimos, o time alviverde teve mais uma chance, e a bola beija a trave esquerda de Jaílson.

PRÓXIMOS JOGOS

O Coxa volta a jogar pelo Brasileirão no próximo sábado (21), contra o Atlético-GO, fora de casa, às 16:30.

Já o Coelho joga pela Libertadores: vai até a Colômbia enfrentar o Tolima na próxima quarta (18), às 21 horas. O time americano é o último colocado do grupo D com 1 ponto. Pelo Brasileiro, recebe o Botafogo na Arena Independência no próximo sábado (21), às 21 horas.

FICHA TÉCNICA:

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, Curitiba (PR)

Data: Domingo, 15 de maio de 2022.

Horário: 17:30 (horário de Brasília).

Coritiba: Alex Muralha; Matheus Alexandre (Neílton), Henrique, Luciano Castán e Egídio; Willian Farias, Andrey e Régis (Robinho); José Hugo (Fabrício Daniel), Alef Manga (Warley) e Léo Gamalho (Clayton). Técnico: Gustavo Morínigo.

Gols: Andrey (46 min do 1º tempo).

Amarelos: Willian Farias (18 min do 1º tempo), Gustavo Morínigo (37 min do 1º tempo).

América-MG: Jailson; Patric (Raúl Cácares), Iago Maidana, Germán Conti, Éder e Marlon; Lucas Kal, Rodriguinho (Juninho Valoura) e Índio Martínez (Arthur); Pedrinho (Kawê) e Aloísio (Henrique Almeida). Técnico: Vagner Mancini.

Gols: não teve.

Amarelos: Iago Maidana (16 min e 38 min do 1º tempo), Índio Ramírez (18 min do 1º tempo), Patric (19 min do 1º tempo), Arthur (9 min do 2º tempo) e Rodriguinho (22 min do 2º tempo).

Vermelho: Iago Maidana (38 min do 1º tempo).

Público pagante:
19.040 torcedores
Público total
: 20.818 torcedores
Renda: R$ 255.450,00

ARBITRAGEM

Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (FIFA/RJ)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (FIFA/RJ) e Luiz Claudio Ragazone (CBF/RJ)
Quarto árbitro: Leonardo Ferreira Lima (CBF/PR)
VAR: Rodrigo Cavalhaes de Miranda (CBF/RJ)