Futebol

Chega ao fim a trajetória de Wilson no Coritiba

Terceiro goleiro que mais atuou pelo clube, com 296 partidas, ele deixa o clube após quase sete anos. contrato, que iria até o final de 2022, será rescindido

Guilherme
Guilherme Almeida
Chega ao fim a trajetória de Wilson no Coritiba
Wilson é ídolo no Coxa (Foto: Divulgação/Coritiba)

19 de janeiro de 2022 - 17:48 - Atualizado em 19 de janeiro de 2022 - 17:48

A trajetória de Wilson como goleiro do Coritiba está prestes a chegar ao fim. Clube e jogador optaram, nesta quarta-feira (19), pela saída do arqueiro, que tinha contrato até o final de 2022. A rescisão deverá acontecer nos próximos dias.

Segundo divulgado pelo ge.globo, uma coletiva de imprensa será realizada na quinta-feira (20), para dar mais detalhes da situação. Ainda de acordo com o portal, o Avaí, rival do Figueirense, clube o qual Wilson também é ídolo, está de olho no jogador, e poderá ser seu futuro destino.

Sem Wilson, Coritiba tem Alex Muralha, Rafael Willian e Sidnei para a posição de goleiro. O Coxa tem conversas adiantas com César, 30 anos, que deixou o Flamengo na última semana.

Ídolo no Alto da Glória

Wilson é um dos jogadores que mais atuou pelo Coritiba na história. O arqueiro, de 37 anos, está no Couto Pereira desde junho de 2015, com uma breve saída para o Atlético-MG em 2019.

Em quase sete anos, ele se tornou o terceiro goleiro com mais jogos pelo clube na história (296), ficando atrás apenas de Jairo (410) e Vanderlei (301). Wilson também se notabilizou pelo faro artilheiro. Foram 11 gols marcados. Na última temporada, o goleiro disputou 48 partidas, sendo o titular da campanha que culminou no acesso do Coritiba à Série A.

Revelado no Flamengo, Wilson também passou por Portuguesa-RJ e Olaria antes de chegar ao Figueirense, onde atuou de 2007 a 2012. Pelo clube, alcançou o status de ídolo ao ser o goleiro que mais vestiu a camisa da equipe, com 331 partidas. Antes de chegar ao Coritiba, passou pelo Vitória.

O Coxa se prepara para a estreia no Campeonato Paranaense, no próximo sábado (22), às 16h, no Couto Pereira, contra o Cianorte.