Futebol

Conmebol suspende árbitro e VAR do clássico entre Argentina e Brasil

Gazeta
Gazeta Esportiva

17 de novembro de 2021 - 11:56 - Atualizado em 17 de novembro de 2021 - 13:15

A Conmebol informou, nesta quarta-feira, a suspensão dos profissionais responsáveis pelas polêmicas no clássico entre Argentina e Brasil, válido pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo. Para a entidade, o jogo “ainda não acabou”, mas cessou a atuação do árbitro principal e responsável pelo VAR por tempo indeterminado.

O principal lance foi entre a dividida e Raphinha e Otamendi, quando o argentino deu uma cotovelada no atacante da Seleção Brasileira. A arbitragem nada fez e o VAR não recomendou a revisão da agressão.

A Conmebol considerou que “a atuação do árbitro principal, Andrés Ismael Cunha Soca Vargas, e do árbitro VAR, Esteban Daniel Ostojich Vega, designados para o mencionado jogo, foram analisadas tecnicamente por esta Comissão, concluindo que os mesmos cometeram erros graves e manifestos no exercício de suas funções no desenvolvimento da partida”.

Na terça, após o jogo, a equipe jurídica da CBF já havia prometido entrar com uma representação contra o árbitro responsável pelo VAR, solicitando que o uruguaio não participe mais de partidas jogadas pela Canarinho.