Futebol

Com Felipe Melo, Abel Ferreira modifica a saída de bola do Palmeiras

Gazeta
Gazeta Esportiva

29 de outubro de 2021 - 07:00 - Atualizado em 29 de outubro de 2021 - 07:30

Inquieto na beira de campo, Abel Ferreira também parece nunca estar plenamente satisfeito com o funcionamento coletivo do Palmeiras, buscando alternativas para potencializar suas peças. Nas últimas semanas, o treinador promoveu a entrada de Felipe Melo no time titular e, com isso, alterou a dinâmica da saída de bola da equipe.

Desde que chegou ao Verdão, Abel sempre adotou como prática a iniciação das jogadas com três jogadores em linha, mesmo quando não escalou três zagueiros de origem. O principal objetivo dessa estratégia é ter superioridade numérica a partir da primeira fase da construção ofensiva.

Usualmente, no entanto, o treinador português optava por atribuir a um dos laterais a função de permanecer aos lados dos zagueiros no momento da saída de bola. Enquanto isso, o lateral do lado oposto avançava e tinha liberdade para atacar.

Com Felipe Melo, o time passa a ter um funcionamento diferente. Afinal, o volante “afunda” entre os zagueiros, que ocupam as posições laterais na linha de três jogadores. Inclusive, Abel promoveu uma inversão nos últimos jogos: Gustavo Gómez passou a atuar pela direita, com Luan sendo deslocado para a esquerda.

Nesse novo desenho, os laterais não ficam presos no primeiro terço do campo quando o time inicia a troca de passes. A disposição combina com as características de Marcos Rocha e Piquerez, que são considerados titulares em suas respectivas posições.

Felipe Melo ainda tem futuro incerto no Palmeiras. O volante tem contrato com o clube palestrino até o final deste ano e apenas iniciará tratativas por uma eventual renovação após a eleição do sucessório de Maurício Galiotte. A eleição está marcada para o dia 20 de novembro, e Leila Pereira é candidata única no pleito.