Futebol

Chelsea pensa em pagar multa rescisória de meio-campista do Barcelona

Gazeta
Gazeta Esportiva

18 de novembro de 2021 - 10:33 - Atualizado em 18 de novembro de 2021 - 11:45

O Chelsea não descarta a possibilidade de cobrir a cláusula de rescisão de Gavi, do Barcelona. Segundo o jornal espanhol Sport, o meio-campista atraiu interesse da equipe londrina comandada por Thomas Tuchel.

De acordo com a publicação, o proprietário dos Blues, o russo Roman Abramovich, teria o interesse em desembolsar 50 milhões de euros (R$ 314,7 milhões) para contar com o jovem jogador.

O Barça, por outro lado, está tranquilo e visa renovar com Gavi o quanto antes. Desta forma, um novo contrato seria válido até 2026 e contaria com uma multa rescisória mais alta. O valor especulado é de 1 bilhão de euros (R$ 6,29 bilhões), assim como os vínculos de Ansu Fati e Pedri, que assinaram recentemente.

Formado na base do Barcelona, Gavi subiu ao time principal nesta temporada e teve uma ascensão meteórica. Ele ganhou espaço na equipe e, aos 17 anos, foi convocado pela Seleção Espanhola, disputando quatro partidas, sendo todas elas como titular.