Futebol

Carille fala sobre reforços e prevê 2022 melhor no Santos: “Podem ter certeza”

Gazeta
Gazeta Esportiva

9 de dezembro de 2021 - 23:44 - Atualizado em 10 de dezembro de 2021 - 01:00

Fábio Carille continuará no Santos em 2022. E com a permanência assegurada, o técnico pode falar com mais tranquilidade sobre a próxima temporada.

Nas reuniões para decidir pelo “fico”, o treinador já conversou sobre a montagem do elenco com o executivo de futebol Edu Dracena.

“Vai melhorar. Podem ter certeza. Hoje foi um dia de muitas reuniões. Pedi para o empresário acelerar a minha continuidade. Eu queria permanecer, dei aval e agora no final da tarde finalizamos esses pequenos detalhes. Vão chegar peças, vai ser melhor, mas os reforços, proposta de jogo e tudo mais ainda vamos discutir. O primeiro passo era a continuidade. Agora vamos buscar com o Edu jogadores para potencializar o elenco. Vou comprar essa ideia com o presidente. Poderia esperar outras situações, mas decidi ficar. O contrato existe até 2023, mas tínhamos pendências para resolver e resolvemos hoje. Estou muito feliz. Eu e minha comissão nos sentimos muito bem no CT e na cidade de Santos, mesmo no início difícil. Fomos conhecendo e plantamos uma semente nesses três meses. E 2022, dentro da realidade do Santos, fortalecendo, para uma temporada abençoada de trabalho e sacrifício para buscarmos nossos objetivos”, disse Carille, em entrevista coletiva.

“A gente vai ter cuidado para falar de posições porque corremos risco de perder jogadores importantes. Podemos falar de três ou quatro, mas posso falar de três para fortalecer de fato e outros três para compor ou ajudar. Mas ouvimos zumzumzum, possibilidade de saída, então pode ser mais. Temos que esperar definições para saídas e chegadas. Fico então um pouco em cima do muro. Jogadores valorizados, jovens, que têm mercado. Felipe Jonatan, há um tempo, vieram times grandes do Brasil e fora, por exemplo. Vamos ficar um pouco perdidos sobre quantos e em quais posições. Se perdermos o Felipe Jonatan, teremos que trazer mais um”.

“Vou deixar esse canal sobre atletas com o Edu. Mas posso falar hoje. Falamos pouco sobre jogadores, mas foi mais sobre meu acerto. O Léo é experiente, de Grêmio, Palmeiras e Cruzeiro. Claro que se o Edu trouxer, vamos analisar e é experiente, pode ser do perfil. Trabalhei com o Richard, foi campeão comigo. De imposição, chegada, marcação forte, saída boa. Nos acrescentaria bastante para equilibrar o grupo”, completou.

Léo tem 33 anos e está livre no mercado desde que saiu do Cruzeiro em maio. Ele foi oferecido e a diretoria analisar a contratação. Já Richard, do Corinthians, foi procurado e o Peixe espera a rescisão no rival para avançar. O Timão bate o pé por compensação financeira.