Futebol

Caracas e Athletico empatam por 0 a 0, na estreia das equipes na Copa Libertadores

Furacão até joga melhor que o rival, cria chances, mas para no goleiro adversário, e não consegue sair do empate sem gols; com o resultado, equipes somam o primeiro ponto na competição

 

Guilherme
Guilherme Almeida
Caracas e Athletico empatam por 0 a 0, na estreia das equipes na Copa Libertadores
Furacão não saiu do zero contra o Caracas (Foto: Staff Images/Conmebol)

5 de abril de 2022 - 21:07 - Atualizado em 5 de abril de 2022 - 21:07

Na noite desta terça-feira (05), Caracas e Athletico se enfrentaram, no Estádio Olímpico de La UCV, pela primeira rodada do Grupo B da Copa Libertadores.

Na estreia das equipes na principal competição do continente, sobrou disposição e entrega, mas faltou o mais importante: o gol. O Furacão até criou mais que o rival, mas parou na falta de pontaria (e no goleiro Baroja, eleito o melhor em campo), e não conseguiu sair da capital venezuelana com um resultado melhor que o 0 a 0.

Com o resultado, as equipes somam seu primeiro ponto na competição, e lideram o Grupo B, mas ficam no aguardo da partida entre The Strongest-BOL x Libertad-PAR, que se enfrentam na quinta-feira (07), às 23h, para saber em que posição terminam a rodada.

Na próxima rodada, o Caracas visita o Libertad, na quarta-feira (13), às 19h, no Estádio Defensores del Chaco. Já o Athletico faz a estreia diante de sua torcida, contra o The Strongest, na quinta-feira (14), também às 19h, na Arena da Baixada.

Antes, porém, o Furacão inicia a caminhada na Série A. No domingo (10), às 18h, encara o São Paulo, no Morumbi, pela primeira rodada da competição nacional.

CARACAS 0 X 0 ATHLETICO

O primeiro tempo foi fraco tecnicamente. Apesar de abusarem das finalizações de longe, as equipes tiveram dificuldades para criar grandes chances de perigo. No entanto, o Athletico começou o jogo pressionando. Logo aos quatro minutos, Pablo fez o pivô para David Terans, que chutou cruzado, obrigando Baroja a espalmar. Aos 12, o goleiro voltou a salvar, desta vez em chute de Marcelo Cirino.

O Caracas foi responder aos 20. Akinyoola bateu cruzado, mas parou em boa defesa de Bento. Aos 37, Bansu finalizou, mas mandou por cima do travessão. Porém, a melhor chance da primeira etapa foi do Furacão. Aos 40, Pablo descolou belo passe para David Terans, que ganhou da marcação e finalizou. A bola passou rente à trave de Baroja. Com isso, o placar da primeira etapa não foi alterado.

O segundo tempo começou da mesma forma que o primeiro, com o Athletico pressionando. Aos cinco, Marcelo Cirino se atrapalhou na hora da finalização e mandou para fora. Aos nove, David Terans cobrou falta com categoria, mas o goleiro adversário conseguiu espalmar. Baroja voltou a aparecer aos 17, ao defender chute de Christian.

Para tentar mudar o panorama da partida, o técnico Alberto Valentim efetuou mudanças na equipe, promovendo as entradas de Marlos, Khellven e Vitor Bueno. As alterações fizeram o Athletico pressionar mais, e Christian e David Terans tentaram, mas o primeiro parou novamente no goleiro do Caracas, enquanto o segundo, finalizou rente à trave. O Furacão pressionou até o fim, mas não conseguiu abrir o placar. Com isso, não teve jeito, e o 0 a 0 foi mesmo o resultado definitivo.

Ficha Técnica
Copa Libertadores
Grupo B – Primeira rodada

Caracas: Baroja; Fereira, Rivero, Quijada e Notaroberto; Edson Castillo, Carlos Suárez, Bonsu Osei (Vicente Rodriguez 2ºT/36″), Luis Ramírez (Luis González 2ºT/25″) e Guarirapa (Ovando 2ºT/40″); Akinyoola
Técnico: Francisco Stifano
Gols: 
Cartões amarelos: Notaroberto (2ºT/20″)

Athletico: Bento; Orejuela (Khellven 2ºT/24″), Pedro Henrique, Lucas Halter e Abner Vinícius; Christian (Rômulo 2ºT/39″), Hugo Moura e David Terans; Tomás Cuello (Vitor Bueno 2ºT/24″), Pablo (Marlos 2ºT/15″) e Marcelo Cirino
Técnico: Alberto Valentim
Gols: 
Cartões amarelos: Hugo Moura (2ºT/20″)

Local: Olímpico de La UCV, em Caracas (VEN)
Data: 05/04/2022
Horário:
 19h15
Árbitro: Andres Rojas (COL)
Assistentes: Sebastian Vela (COL) e David Fuentes (COL)
Quarto árbitro: Michael Espinoza (PER)
Árbitro de vídeo: Manuel Yupanqui (PER)