Futebol

Bragantino e Athletico-PR fazem “prévia” da final da Sul-Americana

Gazeta
Gazeta Esportiva

6 de novembro de 2021 - 20:00 - Atualizado em 7 de novembro de 2021 - 15:15

Bragantino e Athletico-PR se enfrentam neste domingo, no Estádio Nabi Abi Chedid, às 16 horas (de Brasília). O jogo é válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. O confronto pode ser considerado uma “prévia” da final da Copa Sul-Americana, que será disputada no dia 20.

Pelo Brasileirão, o Massa Bruta vem de uma derrota para o Cuiabá por 1 a 0, interrompendo uma sequência de nove jogos sem derrota na competição nacional. A equipe está na quarta colocação, com 49 pontos conquistados.

O técnico Maurício Barbieri não contará com Jadsom (se recupera de pancada no tornozelo), Luan Cândido (fratura na face), Praxedes (torção no tornozelo esquerdo), Raul (recupera-se de cirurgia no joelho) e Bruno Tubarão (lesão no tornozelo esquerdo).

O Athletico-PR, por sua vez, não vive bom momento no torneio. O Furacão não vence há seis rodadas e vem de empate com o Flamengo em 2 a 2, na Arena da Baixada. Apesar da classificação para a final da Copa do Brasil, o técnico Alberto Valentim começa a ser questionado.

O Furacão terá alguns desfalques importantes, como os suspensos Nicolás Hernández, Renato Kayzer e David Terans. Pedro Rocha e o lateral Nicolas são dúvidas por conta de problemas físicos.

O Athletico está na 14ª colocação do Brasileiro, com 35 pontos, cinco a mais em relação à zona de rebaixamento. No primeiro turno, os times empataram em 2 a 2, em Curitiba.

FICHA TÉCNICA

BRAGANTINO X ATHLETICO-PR

Local: Nabi Abi Chedid , em Bragança Paulista (SP)

Data: 7 de novembro de 2021, domingo

Horário: 16h00 (de Brasília)

Árbitro: Anderson Daronco (RS-Fifa)

Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS-Fifa) e Michael Stanislau (RS)

VAR: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)

BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Natan e Weverson; Luciano, Eric Ramires e Helinho; Artur, Cuello e Ytalo.

Técnico: Maurício Barbieri.

ATHLETICO-PR: Santos, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Zé Ivaldo; Marcinho, Erick, Léo Cittadini e Abner; Jader, Nikão e Bissoli.

Técnico: Alberto Valentim.