Esportes

Atlético vai ao Peru e perde em estreia na Libertadores

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

30 de janeiro de 2014 - 00:00 - Atualizado em 30 de janeiro de 2014 - 00:00

A fase não parece estar boa para os times do Atlético Paranaense. No campeonato estadual, disputado pela equipe sub-23, o time não contabilizou nenhuma vitória até o momento, são dois empates e uma derrota. Já a equipe principal, que prolongou sua pré-temporada assim como em 2013, fez seu jogo de estreia, na noite desta quarta-feira (29), pela partida de ida da pré-libertadores e o resultado não foi o esperado. Derrota para o Sporting Cristal por 2×1.

Jogando fora de casa, no Estádio Nacional em Lima, no Peru, a equipe atleticana enfrentou uma partida muito dura, com muitos chutões, jogadas perigosas, disputas acirradas e muitas faltas. Ao todo foram seis cartões amarelos. Na partida de volta, que acontece no dia 05 de fevereiro, no estádio Durval de Britto, em Curitiba, às 22 horas, o clube paranaense precisa vencer a partida, por um gol ou mais de diferença, para avançar para a fase de grupos da competição.

Na história, esta é a quarta participação do Furacão na Libertadores. A primeira, há 14 anos, o clube chegou até as oitavas de final. Dois anos depois, não passou da fase de grupos. Em 2005, teve seu melhor resultado, um vice-campeonato perdendo para o São Paulo.

O velho e conhecido “jogo pegado” da Libertadores se fez presente no primeiro tempo da partida. Com muitos chutões, faltas e pouco espaço para os times jogarem, a equipe peruana teve as melhores chances da primeira etapa e abusou das bolas lançadas em direção ao campo de defesa do Atlético. Aos 29 minutos, em um lançamento, com a ajuda da saída errada na linha de impedimento da zaga rubro-negra, o atacante do Sporting, Irven Ávila, recebeu o passe de cabeça e avançou chutando forte por baixo das pernas do goleiro Weverton, que não teve tempo de defender a bola.

A segunda etapa não poderia começar melhor para o time paranaense. Logo aos 8 minutos de jogo, após passe do meio campista Zezinho, o lateral esquerdo Natanael recebeu a bola e avançou na grande área em direção ao gol, quando foi derrubado pelo volante do Sporting Calcaterra. Èverton, o artilheiro do Brasileirão 2013, foi o encarregado pela cobrança. Com muita tranquilidade, ele colocou no canto direito do goleiro, marcando o primeiro gol do clube na competição.

O torcedor rubro-negro, porém, não teve muito tempo para comemorar. Apenas seis minutos depois do gol do Atlético, o árbitro da partida, o chileno Enrique Osses, marcou pênalti para a equipe peruana. O meio campista Lobatón recebeu na área, cortou o zagueiro Cleberson e o também zagueiro Manoel derrubou o jogador peruano. O próprio Lobatón foi para a cobrança e, com muita categoria, colocou no ângulo do goleiro atleticano.

Com o Atlético indo para o ataque em busca do empate, a equipe do Sporting teve várias chances de ampliar o placar com o contra-ataque, mas os atacantes do time peruano não aproveitaram. Já o goleiro Èverton fez boas defesas e impediu uma vantagem maior.

Apesar da derrota, o resultado não é preocupante para o Atlético, que joga em casa a partida de volta, e precisa ganhar com dois gols de diferença para garantir a vaga na fase de grupos. O outro time brasileiro que jogou a fase pré-Libertadores, o Botafogo, perdeu para o Deportivo Quito por 1×0.

Sporting Cristal: Penny; Cóssio, Marcos Delgado, Marcos Ortíz, Yotún; Cazulo, Calcaterra (De La Haza), Balbín, Lobatón (Nunez); Irven Ávila, Lequizamóm (Ross).

Técnico: Daniel Ahmed

Atlético Paranaense: Weverton; Paulinho Dias, Manoel, Cleberson, Natanael; Deivid, João Paulo, Suelinton (Douglas Coutinho), Zezinho (Fran Mérida); Marcelo (Nathan) e Èderson.

Técnico: Miguel Ángel Portugal