Futebol

Athletico voltará a jogar no Tocantins após 13 anos

Duelo diante do Tocantinópolis, pela partida de ida da terceira fase da Copa do Brasil será apenas o segundo do Furacão no estado; em 2009, Rubro-Negro eliminou o Tocantins, após vitória por 3 a 0

Guilherme
Guilherme Almeida
Athletico voltará a jogar no Tocantins após 13 anos
Estádio Ribeirão será o palco da partida (Foto: Divulgação)

19 de abril de 2022 - 14:33 - Atualizado em 21 de junho de 2022 - 12:02

O Athletico fará sua estreia na Copa do Brasil nesta quarta-feira (20), às 19h, diante do Tocantinópolis, no duelo de ida da terceira fase da competição. A partida diante do rival, será histórica para o Furacão, que voltará a jogar no estado do Tocantins após 13 anos.

Dos 27 federações nacionais, o Furacão só não enfrentou clubes de Roraima e do Amapá, nos seus 98 anos de história.

No entanto, jogar no estado mais jovem do país também não é tão corriqueiro ao clube, que só disputou apenas uma partida nas terras do Tocantins, e não foi diante do Tocantinópolis, segundo maior vencedor estadual, com seis títulos.

Copa do Brasil 2009

Curiosamente, a única vez que o Athletico enfrentou uma equipe do estado foi em 2009, também pela Copa do Brasil. Na ocasião, o adversário foi o Tocantins Futebol Clube, que disputou a elite estadual pela última vez em 2013.

Pela primeira fase da competição, o Furacão não tomou conhecimento do adversário, e venceu por 3 a 0, gols marcados pelo meia Marcinho e pelos atacantes Rafael Moura e Júlio Sheik.

Com aquele resultado conquistado no dia 04 de março de 2009, o Athletico avançou à segunda fase da Copa do Brasil, sem a necessidade de disputar a partida de volta, devido ao regulamento da época. Na sequência, o Furacão eliminou o ABC-RN, mas foi eliminado nas oitavas de final pelo Corinthians de Ronaldo Fenômeno, que viria a ser o campeão.

Provável escalação

O técnico Fábio Carille relacionou 23 jogadores para a partida. No entanto, o Athletico viajou sem nove titulares, que irão desfalcar a equipe diante do Tocantinópolis. Curiosamente, todos foram titulares na derrota contra o Atlético-MG, no último final de semana, pela Série A.

Os zagueiros Pedro Henrique e Matheus Felipe, os laterais Abner Orejuela, o volante Bryan Garcia, o meia David Terans e os atacantes VitinhoCannobio e Marcelo Cirino ficaram em Curitiba.

Da equipe considerada titular, apenas o goleiro Bento e o volante Hugo Moura foram relacionados. Orejuela e Vitor Roque já jogaram por Grêmio e Cruzeiro, respectivamente, e por isso, não podem mais disputar a Copa do Brasil pelo Athletico.

As novidades na delegação são o zagueiro Dourado, do sub-20, relacionado pela primeira vez para o time principal; e o volante Matheus Fernandes, recuperado de lesão.

Com muitas mudanças, um provável Athletico tem: Bento; Khellven, Lucas Halter, Lucas Fasson e Pedrinho; Hugo Moura (Pablo Siles), Christian (Matheus Fernandes) e Marlos; Tomás Cuello, Pedro Rocha (Vitor Bueno) e Pablo.

Tomás Cuello deverá ser titular na partida (Foto: José Tramontin/Athletico)

Tocantinópolis e Athletico se enfrentam nesta quarta-feira (20), às 19h, no Estádio Ribeirão, pela terceira fase da Copa do Brasil.

Confira os relacionados:

1) Anderson 
2) Bento 
3) Christian 
4) Tomás Cuello 
5) Dourado
6) Hugo Moura 
7) Jader 
8) João Vialle 
9) John Mercado 
10) Khellven 
11) Léo Cittadini 
12) Léo Linck 
13) Lucas Fasson 
14) Lucas Halter 
15) Marlos 
16) Matheus Fernandes 
17) Pablo 
18) Pablo Siles 
19) Pedrinho 
20) Pedro Rocha
21) Rômulo 
22) Vinicius Kauê 
23) Vitor Bueno