Futebol

Na estreia de Felipão na Libertadores, Athletico-PR vence o Libertad e assume vice-liderança

Furacão marca duas vezes na segunda etapa, e vence paraguaios por 2 a 0; Tomás Cuello e Canobbio fizeram os gols da partida

Gazeta
Gazeta Esportiva Por Guilherme Almeida
Na estreia de Felipão na Libertadores, Athletico-PR vence o Libertad e assume vice-liderança
Canobbio marcou o primeiro gol com a camisa do Athletico (Foto: José Tramontin/Athletico)

18 de maio de 2022 - 21:41 - Atualizado em 18 de maio de 2022 - 23:15

No jogo que marcou a estreia de Luiz Felipe Scolari na Copa Libertadores, o Athletico-PR venceu o Libertad por 2 a 0 na noite desta quarta-feira, pela Copa Libertadores. O jogo ocorreu na Arena da Baixada e contou com gols dos estrangeiros Cuello e Canobbio.

Com os três pontos, o clube paranaense chegou a sete na competição e subiu para a vice-liderança do Grupo B. Já os paraguaios, apesar da derrota, continuam na primeira colocação com os mesmos sete pontos e melhor saldo.

O próximo compromisso do Athletico-PR é contra o Avaí, em casa, pelo Campeonato Brasileiro, a partir das 19 horas (de Brasília) de domingo. Já pela última rodada da Libertadores, a equipe brasileira recebe o Caracas, na quinta-feira (26), às 19 horas, enquanto o Libertad enfrenta o Strongest, em casa, no mesmo dia e horário.

Na volta do intervalo nesta quarta-feira, o Athletico-PR abriu o placar com belo gol de Cuello. Aos 12 minutos da segunda etapa, o atacante argentino levantou na área, a bola foi direto para o gol e surpreendeu o goleiro Martín Silva.

Na altura do minuto 25, o time paranaense roubou a bola ainda no campo defensivo, Terans carregou a bola no contra-ataque e rolou para o uruguaio Canobbio, que entrou na área e tocou na saída do goleiro para ampliar o marcador.

FICHA TÉCNICA:

ATHLETICO-PR 2 x 0 LIBERTAD

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Data: 18 de maio de 2022, quarta-feira

Horário: 19h (de Brasília)

Árbitro: Patricio Loustau (ARG)

Assistentes: Ezequiel Brailosky (ARG) e Facundo Rodríguez (ARG)

Cartões amarelos: Martín Silva, Diego Gómez, Barboza e Mendieta (Libertad); Pedro Henrique, Terans e Canobbio (Athletico-PR)

Gols:

ATHLETICO-PR: Cuello (12′ 2ºT); Canobbio (25′ do 2ºT)

ATHLETICO-PR: Bento; Khellven, Nico Hernández, Pedro Henrique e Abner; Hugo Moura, Christian (Erick) e David Terans (Matheus Felipe); Canobbio (Pedro Rocha), Cuello e Pablo (Rômulo)

Técnico: Luiz Felipe Scolari

LIBERTAD: Martín Silva; Piris, Bocanegra, Barboza e Samudio; Bareiro (Merlini), Riveros (Óscar Cardozo), Diego Gómez (Caballero) e Bogarín (Mendieta); Franco (Roque Santa Cruz) e Melgarejo

Técnico: Daniel Garnero