Esportes

Athletico perde para o Palmeiras por 2 a 1 e sofre a quinta derrota seguida na Série A

Furacão luta, tem gol anulado, chega a empatar a partida, mas acaba derrotado pelo Verdão e sofre a quinta derrota seguida na Série A. Guilherme Bissoli marcou para o Rubro-Negro, enquanto Luan e Rony anotaram para o Alviverde Paulista

Guilherme
Guilherme Almeida
Athletico perde para o Palmeiras por 2 a 1 e sofre a quinta derrota seguida na Série A
Furacão lutou, mas acabou derrotado por 2 a 1 (Foto: Gustavo Oliveira/Athletico)

28 de agosto de 2021 - 22:55 - Atualizado em 28 de agosto de 2021 - 23:01

Na noite deste sábado (28), Palmeiras e Athletico se enfrentaram, no Allianz Parque, pela décima oitava rodada da Série A.

O Furacão foi guerreiro. Lutou, teve gol anulado e foi buscar o empate, mas viu a lei do ex entrar em ação novamente, e acabou sendo derrotado por 2 a 1. Luan e Rony, campeão da Copa Sul-Americana e da Copa do Brasil pelo Rubro- Negro, fizeram para o Verdão, enquanto Guilherme Bissoli marcou para o Furacão, que conheceu a sua quinta derrota seguida na competição.

Com o resultado, o Palmeiras se mantém na segunda colocação, com 35 pontos, mas diminui a distância para o líder Atlético-MG, que tem 38 e ainda joga na rodada. Já o Athletico, sofre a quinta derrota seguida na competição, e permanece na nona colocação, com 23 pontos, mas ainda pode perder posições na sequência da rodada.

Na próxima rodada, a décima nona e última do primeiro turno, o Athletico irá encarar o Sport, na Arena da Baixada, no próximo domingo (05), às 18h15. Já o Palmeiras terá uma folga no calendário, pois a partida contra o Ceará, que seria no Castelão, foi adiada, devido às eliminatórias para a Copa do Mundo, que terão jogos na próxima semana.

PALMEIRAS 2 X 1 ATHLETICO

O Athletico começou a partida pressionando, e teve a primeira chance. Aos quatro, David Terans recebeu passe de Jader e chutou, no meio do gol, mas Weverton defendeu sem problemas. No entanto, o Furacão não conseguiu mais manter a intensidade, e viu o Palmeiras crescer no jogo e dominar o restante da primeira etapa.

Aos 17, Raphael Veiga recebeu pela direita e chutou cruzado. Santos voou e espalmou para salvar. No lance seguinte, após cobrança de escanteio, Dudu pegou a sobra e mandou uma bomba, por cima do gol. Melhor em campo, o Verdão foi premiado com o gol. Aos 21, Raphael Veiga cobrou escanteio, Luan subiu mais que a defesa e cabeceou para o fundo das redes.

(Créditos: TNT Sports)

Aos 23, Zé Rafael quase ampliou, mas em chute de fora da área. O Athletico só foi responder aos 29, com Jader, que arriscou chute colocado, mas a bola passou raspando à trave de Weverton.

O time paulista chegou a marcar o segundo, com Danilo, mas o lance foi invalidado por falta do volante no início da jogada. O Furacão também teve um gol anulado, de Guilherme Bissoli, aos 41, por toque de mão de David Terans no início da jogada. Com isso, o placar não foi mais alterado na primeira etapa.

O panorama da segunda etapa começou diferente, com pouca intensidade. Os dois treinadores promoveram muitas mudanças, que ajudaram a esquentar o jogo. O Athletico tentava pressionar mais. Levemente superior em campo, o Furacão foi premiado com o empate. Aos 20, Guilherme Bissoli recebeu passe de David Terans e mandou uma bomba da entrada da área. A bola foi no canto direito de Weverton, que nada pôde fazer.

No entanto, não deu tempo de comemorar, pois, aos 25, o Palmeiras voltou a ficar na frente do placar. E com a lei do ex. Deyverson recebeu passe e tocou para Rony, dentro da área. O atacante bateu cruzado, no canto esquerdo de Santos.

O Athletico sentiu o golpe, e após o segundo gol do time paulista, o Furacão não conseguiu mais criar nenhuma grande oportunidade. O Palmeiras controlou bem o restante do jogo e confirmou a vitória, garantindo mais três importantes pontos na luta pelo título, e impondo o quinto revés seguido para o Rubro-Negro na competição.

Ficha Técnica

Campeonato Brasileiro Série A
18ª rodada

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Piquerez; Danilo, Zé Rafael, Gabriel Veron (Breno Lopes 2ºT/17″) e Raphael Veiga (Rony 2ºT/17″); Dudu e Willian (Deyverson 2ºT/17″)
Técnico: Abel Ferreira
Gols: Luan (1ºT/21″); Rony (2ºT/25″)
Cartões amarelos: Zé Rafael (2ºT/23″); Deyverson (2T/36″); Felipe Melo (2ºT/42″)

Athletico: Santos, Marcinho, Zé Ivaldo, Pedro Henrique e Abner; Richard (Erick 2ºT/27″), Christian (Carlos Eduardo 2ºT/00″), Léo Cittadini e David Terans; Jader (Pedro Rocha 2ºT/17″) e Guilherme Bissoli (Renato Kayzer 2ºT/27″)
Técnico: António Oliveira
Gols: Guilherme Bissoli (2ºT/20″)
Cartões amarelos:
 Carlos Eduardo (2ºT/16″)

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data: 28/08/2021
Horário:
 21h
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Jose Eduardo Calza (RS)
Árbitro de vídeo: Daniel Nobre Bins (RS)