Futebol

Athletico faz jogo apático e perde para o Fluminense por 2 a 1

Germán Cano marca duas vezes e garante a primeira vitória tricolor dentro de casa.

Bruno
Bruno Videira
Athletico faz jogo apático e perde para o Fluminense por 2 a 1
(Foto: José Tramontin/ Athletico-PR)

14 de maio de 2022 - 23:07 - Atualizado em 14 de maio de 2022 - 23:48

Athletico-PR foi até Volta Redonda (RJ) enfrentar o Fluminense pela sexta rodada do Brasileirão. Vitória do Tricolor das Laranjeiras com dois gols de Germán Cano. Matheus Felipe descontou nos acréscimos para o Furacão.

PRIMEIRO TEMPO

O time da casa começou pressionando o Furacão e chegou duas vezes: a primeira com Cano, que chuta cruzado e Bento mandou para escanteio, e Martinelli pegando rebote e chuta fraco para a defesa do goleiro rubro-negro.

Aos 7 minutos, Wellington cruza para Cano. Ele avança, deixa o marcador para trás e chuta de esquerda. A bola ainda belisca a trave direita de Bento. Fluminense 1 a 0.

Aos 14 minutos, contra-ataque do Fluminense pela direita, Nino lança para Luiz Henrique, que chuta cruzado, passando muito perto do gol defendido por Bento.

A primeira finalização do Athletico foi aos 18 minutos com Khellven, que chuta de fora da área e a bola passa à esquerda do gol do Fluminense. Três minutos depois, bola cruzada raseira da esquerda para dentro do gol e Pablo perde grande oportunidade de empatar o jogo.

O time das Laranjeiras teve mais uma chance com Cano aos 33 minutos, recebendo cruzamento de Luiz Henrique. O argentino bate de primeira, mas pega mal da bola, facilitando a defesa de Bento.

Furacão teve outra grande chance de empatar nos acréscimos: aos 46 minutos, Pablo sai em arrancada pela esquerda, invade a área e não finaliza bem. Fábio faz a defesa.

SEGUNDO TEMPO

O Furacão voltou totalmente diferente e dificultando o Fluminense de sair do campo de defesa. Aos 3 minutos, Canobbio vai até a linha de fundo, cruza na área e Pablo passa batido da bola.

Com 11 minutos, cobrança de escanteio para o Fluminense pela esquerda cobrada por Yago Felipe, a defesa afasta para fora da área. Na sobra, André chuta rasteiro para defesa de Bento.

Fluminense tem chance de bola parada: Germán Cano cobra falta, a bola passa pela barreira e Bento faz a defesa em dois tempos

Aos 21 minutos, o Flu novamente chega a área do Athletico com Arias, que chuta e acerta a trave. Mas a arbitragem aponta impedimento no ataque tricolor.

Com 32 minutos, Arias cruza na área, Luiz Henrique e Willian desviam de cabeça e a bola sobra para Cano marcar um golaço, no ângulo esquerdo do gol de Bento. O VAR ainda revisa o lance vendo se tinha algum impedimento, mas o gol foi validado. Flu 2 a 0.

Aos 45 minutos, em cobrança de escanteio do lado esquerdo para o Athletico, Matheus Felipe pega a sobra e diminui. Fluminense 2 a 1.

PRÓXIMOS JOGOS

O Flu pensa agora na Copa Sul-Americana: vai até a Argentina enfrentar o Unión Santa Fe pela quinta rodada da fase de grupos da competição. A partida é na próxima quinta (19), às 19:15. Pelo Brasileiro, enfrenta o Fortaleza fora de casa no próximo domingo (22), às 16 horas.

O Furacão joga pela Copa Libertadores: recebe o Libertad (PAR) na Arena da Baixada na próxima quarta (18), às 19 horas, precisando do resultado para sonhar com classificação. No Brasileiro, recebe o Avaí no domingo (22), às 19 horas.

FICHA TÉCNICA:

Local: Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda (RJ)

Data: Sábado, 14 de maio de 2022.

Horário: 21:00 (horário de Brasília).

Fluminense: Fábio; Yago Felipe, Nino, David Braz (Luccas Claro) e Pineida; Wellington, André (Nonato), Martinelli (Arias) e Nathan (Willian); Luiz Henrique (Caio Paulista) e Germán Cano. Técnico: Fernando Diniz.

Gols: Germán Cano (7 min do 1º tempo e 32 min do 2º tempo).

Amarelos: Arias (20 min do 2º tempo), Willian (29 min do 2º tempo) e Yago Felipe (44 min do 2° tempo).

Athletico-PR: Bento; Khellven, Pedro Henrique, Matheus Felipe e Abner Vinícius; Hugo Moura, Erick (Marlos) e Matheus Fernandes (Pablo Siles); Canobbio (Vitor Roque), Vitinho (Cuello) e Pablo (Pedro Rocha). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Gols: Matheus Felipe (45 min do 2º tempo).

Amarelos: Pablo Siles (17 min do 2º tempo) e Cuello (26 min do 2º tempo).


ARBITRAGEM

Árbitro: Ramon Abatti Abel (CBF/SC)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (FIFA/SC) e Éder Alexandre (CBF/SC)
Quarto árbitro: Rafael Martins de Sá (CBF/RJ)
VAR: Vinicius Furlan (CBF/SP)