Futebol

Alberto Valentim pede foco total ao Athletico para à final da Copa do Brasil

Treinador comemora a permanência do Furacão na Série A e pede foco total na decisão contra o Atlético-MG

Guilherme
Guilherme Almeida
Alberto Valentim pede foco total ao Athletico para à final da Copa do Brasil
Alberto Valentim conseguiu manter o Athletico na elite (Foto: José Tramontin/Athletico)

7 de dezembro de 2021 - 14:55 - Atualizado em 7 de dezembro de 2021 - 14:55

O técnico Alberto Valentim comemorou a permanência do Athletico na Série A do Campeonato Brasileiro em 2022, conquistada matematicamente após o empate sem gols contra o Palmeiras, na segunda-feira (06), pela penúltima rodada da competição.

Após a igualdade na Arena da Baixada, o comandante do Furacão citou o alívio pela permanência na elite e pediu foco total para a grande final da Copa do Brasil, contra o Atlético-MG, nos próximos dias 12 e 15 de dezembro.

Missão cumprida

Alberto Valentim demonstrou alívio após o Athletico alcançar os 46 pontos na tabela. A distância para Bahia e Juventude, principais candidatos ao rebaixamento, é de três pontos, no entanto, o Furacão não pode mais ser ultrapassado por ter mais vitórias que os rivais.

“Sentimento de missão cumprida. Queríamos até que acontecesse antes. Mas são coisas do futebol. Agora, precisamos focar na final da Copa do Brasil”.

Jogo difícil

Alberto Valentim também avaliou o empate diante de um Palmeiras que mandou a campo um time completamente formado por jogadores das categorias de base. Ele citou as dificuldades da partida e valorizou o ponto conquistado pelo Athletico.

“Os jogadores foram muito guerreiros, foram no sacrifício porque não tinham se recuperado totalmente. Foi uma partida muito difícil, contra uma ótima equipe. A bola, por alguns caprichos, não entrou”.

Foco na Copa do Brasil

Por fim, Alberto Valentim comentou sobre a preparação para a final da Copa do Brasil. Sem mais aspirações na última rodada da Série A, o Athletico deverá mandar a campo um time alternativo contra o Sport Recife. O próprio comandante do Furacão não deverá estar presente, mas cita que o foco deve ser único e exclusivo na briga pelo bicampeonato.

“O Athletico chega forte para a final, porque é um grupo muito unido e que sabe o que pode fazer nestas duas finais. Os jogadores merecem, a diretoria merece e a torcida merece esse bicampeonato. Vamos com todas as nossas forças para buscar mais essa taça”.

Com o empate, o Athletico permaneceu na 14ª colocação, com 46 pontos. Na derradeira rodada da competição, o Furacão vai ate à Arena Pernambuco, encarar o rebaixado Sport Recife, na quinta-feira (09), às 21h30.