Futebol

Agência de Sornoza esclarece situação de dívida do Corinthians: “O jogador não processou o clube”

Gazeta
Gazeta Esportiva

19 de agosto de 2021 - 17:53 - Atualizado em 19 de agosto de 2021 - 19:00

A agência Escansette Sports, que cuida da carreira do meia equatoriano Junior Sornoza, esclareceu nesta quinta-feira a situação da dívida que o Corinthians tem com ela.

Conforme noticiou o UOL, a Justiça determinou na segunda-feira uma penhora de R$ 565 mil das contas do Corinthians para que o clube quite o valor. O meia tem contrato com o Alvinegro até dezembro de 2022.

A agência do jogador, via Instagram, informou que em nenhum momento o equatoriano processou o Corinthians. A ação movida contra o clube foi feita pela Escansette Sports, “que está em busca de seus direitos”. A nota também repudia ataques virtuais que vêm sendo realizados contra Sornoza e sua família.

O jogador foi contratado pelo Corinthians em 2019, único ano em que atuou pelo clube. Ao todo, participou de 50 jogos, marcou um gol e deu 11 assistências. Desde então, o meia soma empréstimos por LDU-EQU, Tijuana-MÉX e Independiente Del Valle-EQU.

Confira a nota da agência de Sornoza:

“Prezados, venho a público informar que a ação movida contra o Sport Club Corinthians Paulista é referente a pagamentos destinados a minha agência Escansette Sports.

Nosso atleta Junior Sornoza, que tem vínculo/contrato com Corinthians até dezembro/2022, em nenhum momento processou o clube.

A Escansette Sports está em busca de seus direitos e reprovamos ataques e insultos feitos na internet, direcionados principalmente ao atleta Júnior Sornoza e sua família”.