Futebol

Acostumado ao Centenário, Piquerez diz que ingressos para a final estão “muito caros”

Gazeta
Gazeta Esportiva

29 de outubro de 2021 - 17:49 - Atualizado em 29 de outubro de 2021 - 18:15

No dia 27 de novembro, o Palmeiras terá pela frente o Flamengo na final da Libertadores, em jogo que será disputado no Estádio Centenário, em Montevidéu. O uruguaio Joaquín Piquerez está acostumado a atuar no local, já que construiu sua trajetória profissional no país e serve a seleção nacional.

O lateral-esquerdo do Verdão não esconde a felicidade por disputar uma partida tão importante no estádio, projetando uma bonita festa.

“Jogar uma final da Libertadores para um uruguaio é algo que não acontece todos os dias, ainda mais no Centenário. Espero que com um grande público uruguaio, será muito lindo”, disse o jogador em entrevista à Rádio Sport 890.

Ao falar sobre a expectativa do público na grande decisão, Piquerez pontuou o preço salgado dos ingressos.

“Há muitos torcedores do Palmeiras por aqui. Só os torcedores do Palmeiras conseguiriam encher o estádio, assim como os do Flamengo. Apesar dos ingressos estarem muito caros, a população é muito grande e tenho certeza que a parte do Palmeiras estará lotada”, afirmou o lateral.

A entrada mais barata para a grande decisão da Libertadores custa 200 dólares (cerca de R$1.100). A expectativa é de que o Centenário receba aproximadamente 45 mil torcedores, equivalente a 75% da capacidade do estádio.