Futebol

Abel vê queda física do Palmeiras no 2º tempo e evita projetar substituto de Marcos Rocha

Gazeta
Gazeta Esportiva

14 de novembro de 2021 - 20:07 - Atualizado em 14 de novembro de 2021 - 22:45

Neste domingo, o Palmeiras foi derrotado pelo Fluminense por 2 a 1, de virada, no Maracanã, tendo a sequência de seis vitórias no Campeonato Brasileiro interrompida. Ao analisar o jogo na entrevista coletiva, Abel Ferreira comentou sobre a diferença de desempenho apresentada pelo Verdão entre o primeiro e o segundo tempo.

Na visão do treinador, o Palmeiras poderia ter aberto uma vantagem maior na etapa inicial, porém caiu de rendimento nos 45 minutos finais, sendo superado fisicamente pelo adversário.

“Houve dois jogos hoje, um no primeiro tempo e outro no segundo. No primeiro, o Palmeiras foi superior e, na minha opinião, poderia ter chegado ao intervalo com um placar maior, se tivéssemos mais calma no último terço para decidir e finalizar melhor as nossas jogadas, quer em transição ou ataque posicional. A equipe mostrou caráter, personalidade e frescor físico, mesmo em um gramado com muita irregularidade”, disse Abel.

“No segundo tempo, o nosso adversário foi muito melhor, mostrou muito mais frescor físico. Acho que isso aconteceu porque eles tiveram mais um dia de descanso do que nós, porque houve erros táticos e técnicos de nossa equipe que não são muito normais. No primeiro gol que sofremos, nossos três meio-campistas sabem exatamente o que têm que fazer, então é muito fácil para mostrar o erro. No segundo, houve um jogador que entrou com uma função muito específica, podendo jogar entrelinhas com bola e, sem bola, parar e travar o Yago, que era o volante mais recuado do nosso adversário”, completou.

Na partida deste domingo, Mayke foi escalado como titular na lateral direita, sendo substituído por Gabriel Menino no intervalo, fazendo testes para a final da Libertadores, quando Marcos Rocha, suspenso, não poderá atuar. Perguntado sobre as distinções entre os jogadores, Abel foi evasivo.

“Não queria abrir muito o jogo. Estou fazendo minhas experiências, colocando os dois jogadores, mas na minha cabeça está muito claro o que temos que fazer. No dia 27, vocês saberão quem é que vai jogar”, afirmou o treinador.

Com o resultado, o Palmeiras estacionou nos 58 pontos, na terceira posição do Brasileiro. Na próxima rodada, o time enfrenta o São Paulo, no Allianz Parque, às 20h30 da quarta-feira.