Futebol

Abel rejeita favoritismo do Palmeiras contra o Fla: “Muito difícil manter o sarrafo em cima”

Gazeta
Gazeta Esportiva

2 de novembro de 2021 - 07:00 - Atualizado em 2 de novembro de 2021 - 07:15

O Palmeiras está a 25 dias da partida mais importante da temporada, contra o Flamengo, pela final da Libertadores. Apesar da ótima fase do Verdão, com quatro vitórias consecutivas, Abel Ferreira rejeita qualquer rótulo de favoritismo atribuído ao Verdão.

Após o triunfo sobre o Grêmio, o treinador foi perguntado sobre a missão de manter a regularidade até a decisão da Libertadores. Como de costume, o português pregou pés no chão.

“Uma coisa é quando está o elenco todo disponível. Quando não temos lesionados, os selecionáveis estão todos e o treinador pode escolher. Quando estamos todos juntos, somos muito competitivos e fortes. Agora, quando nos faltam jogadores por lesões ou por seleções, nossa equipe fica menos competitiva”, disse Abel.

“Vamos continuar mantendo o foco, vamos continuar nem no oito e nem no oitenta, porque amanhã vão começar a dizer que o Palmeiras é favorito a isso e aquilo, e o Palmeiras não é favorito a ganhar o próximo jogo. Só. Trabalhar com afinco, sermos humildes e com mentalidade vencedora”, completou.

Ao comentar sobre a oscilação das equipes brasileiras, Abel citou o último e o próximo adversário do Palmeiras no Brasileirão como exemplos.

“Parece fácil ganhar, mas dá muito trabalho ganhar. Se vocês têm dúvidas, vejam o Grêmio no ano passado. Disputou conosco a Copa do Brasil e, daqui a alguns dias, vamos jogar contra o Santos, que disputou conosco a final da Libertadores. É muito difícil manter o sarrafo em cima, exige de nós sacrifícios e renúncias”, finalizou.

Com a vitória sobre o Grêmio, o Palmeiras reassumiu a segunda colocação do Campeonato Brasileiro, com 52 pontos. O time volta a campo no próximo domingo, contra o Santos, na Vila Belmiro, às 16h.