Futebol

A um mês da final da Libertadores, Palmeiras ainda tem indefinições na equipe

Gazeta
Gazeta Esportiva

27 de outubro de 2021 - 08:00 - Atualizado em 27 de outubro de 2021 - 08:30

Nesta quarta-feira, o Palmeiras entra na contagem regressiva de 31 dias para a final da Libertadores contra o Flamengo. Afinal, no dia 27 do próximo mês, o Verdão entra em campo no Estádio Centenário em busca do bicampeonato do torneio continental.

As próximas semanas serão fundamentais para que Abel Ferreira defina as pendências em relação ao time titular para a grande decisão, já que algumas vagas na equipe estão com disputa em aberto.

A principal dúvida está na lateral direita. Titular da posição, Marcos Rocha recebeu o terceiro cartão amarelo na segunda semifinal contra o Atlético-MG e está suspenso. Gabriel Menino, que seria o reserva imediato, recupera-se de entorse no tornozelo esquerdo e não tem prazo para retornar ao time.

Depois de conviver com dores no joelho direito por um bom tempo, Mayke foi submetido a uma cirurgia no fim de setembro. O lateral já iniciou o processo de transição física e, caso se recupere a tempo, pode virar opção para a posição.

No meio-campo, Felipe Melo parece ter assumido de vez a titularidade. Importante para fechar espaços quando o time não tem a bola, o volante também qualificou a saída de bola da equipe, principalmente com os seus lançamentos. Zé Rafael tem sido o segundo homem na faixa central, sendo o maior responsável por pressionar os adversários e infiltrar.

Danilo, que sempre teve prestígio com Abel, recuperou-se de canelite e terá o desafio de convencer o treinador nas próximas semanas de que merece ser titular. O volante deve brigar por uma vaga com Zé Rafael, já que Felipe Melo exerce uma grande liderança no time.

Apesar de estar em má fase técnica, Rony tem o respaldo de Abel, em especial pela sua importância tática, recompondo e explorando transições rápidas. No comando do ataque, Luiz Adriano não vive seu melhor momento pelo Verdão, sendo bastante cobrado pela torcida, mas vem sendo escalado como o 9 titular e, por ter a confiança de Abel, dificilmente perderá espaço até a final.