Futebol

A pressão é um privilégio, diz Solskjaer após receber críticas no comando do United

O United saiu derrotado na primeira rodada da Fase de Grupos da Liga dos Campeões. De virada, o Young Boys fechou o placar com 2 a 1

Gazeta
Gazeta Esportiva
A pressão é um privilégio, diz Solskjaer após receber críticas no comando do United
Treinador está pressionado no cargo (Foto: Reprodução/NMC)

28 de setembro de 2021 - 13:31 - Atualizado em 28 de setembro de 2021 - 14:43

O Manchester United não começou a temporada como gostaria. Com derrotas no Campeonato Inglês e na Liga dos Campeões, a pressão caiu para o técnico Ole Gunnar Solskjaer, que se mostrou nada preocupado com as críticas e disse que está no clube “para vencer e lutar pelo título”.

“A pressão é um privilégio. Para trabalhar neste ambiente, você tem que aceitar a pressão. Estamos seguindo um planejamento, mas estamos em um negócio de resultados. As expectativas melhoraram com as nossas contratações, e eu estou aqui para vencer. Temos a obrigação de vencer aqui e com um certo estilo”, afirmou o treinador.

O United saiu derrotado na primeira rodada da Fase de Grupos da Liga dos Campeões. De virada, o Young Boys fechou o placar com 2 a 1. Solskjaer assinou um novo contrato de três anos e foi apoiado na janela de transferências de verão com a chegada de Raphael Varane, Jadon Sancho e Cristiano Ronaldo.

Os reforços aumentaram ainda mais as expectativas, mas o comandante mostrou calma para chegar ao objetivo. “Esperançosamente, chegaremos lá, lutando pelos troféus que gostaríamos de ver em Old Trafford”, finalizou Solskjaer.