Futebol Feminino

Santos repudia fala de ex-conselheiro contra o futebol feminino e leva caso ao departamento jurídico

Gazeta
Gazeta Esportiva

1 de fevereiro de 2021 - 21:56 - Atualizado em 16 de novembro de 2021 - 15:22

O Santos emitiu uma nota de repúdio ao depoimento do ex-conselheiro Sérgio Ramos, feito durante uma transmissão do “Blog Soul Santista” no último sábado.

O associado chamou o futebol feminino de lixo e sugeriu violência contra as atletas.

“Sobre o depoimento do ex-conselheiro Sérgio Ramos em uma entrevista ao Blog Soul Santista, no dia 30 de janeiro, o Santos Futebol Clube informa que o caso já está sendo apurado pelo Departamento Jurídico e o Comitê de Gestão julgará o processo assim que receber o material.

O Santos FC tem como princípio básico o respeito a todas as pessoas e repudia qualquer tipo de preconceito. Ressalta que apoia o futebol feminino, dentro e fora das quatro linhas, e trabalha para que pensamentos misóginos se tornem cada vez mais raros em nossa coletividade”, escreveu o Santos.

Sérgio Ramos falou e não foi interrompido por Fabiano Reis (atual conselheiro do Peixe) e Ian Rocha e Wagner Dias, organizadores do blog.

“Campo de futebol não é lugar de mocinha. Mocinhas no campo de futebol são aquelas que a gente enche de porrada e tira de lá, porque não têm que estar lá. Futebol feminino é um lixo. Não assisto uma porcaria dessa de jeito nenhum”, disse Sergio.

“Vão te xingar”, alertou Ian.

“Pode xingar”, respondeu Sergio.

“Isso é politicamente incorreto”, completou Ian, rindo.

“Eu sou incorreto. Eu teria futebol feminino no Santos porque é obrigado. Eu iria no Bahamas, pegaria um time no Bahamas, colocaria uniforme bem coladinho. E diria para não encostar na bola, poderiam apanhar de 50 a 0 todo jogo. E eu garanto que os torcedores de todos os times torceriam para meu time do Bahamas”, concluiu Sergio, em vídeo que se espalhou pelas redes sociais, citando o nome de um centro de entretenimento para adultos da capital paulista.

Requerimento no Conselho Deliberativo

Um grupo de 16 conselheiros do Peixe cobra punição a Sergio Ramos. O documento foi assinado por Valéria Mendes dos Santos e subscrito por outros 15 membros do grupo.

“No último dia 30 de janeiro de 2021, durante uma Live realizada pelo BLOG SOUL SANTISTA em seu Canal no YOUTUBE, o Sr Sérgio Ramos (SERGIO EDUARDO C DE OLIVEIRA RAMOS, SÓCIO INSCRITO SOB A MATRÍCULA 34612) fez uma fala de desrespeito, misoginia e machismo, proferida contra categoria de Futebol Feminino do SANTOS FC, onde faz comentários discriminatórios, além de sexualizar nossas atletas com vocabulário bastante chulo e vulgar.

Conforme o artigo 12, nas alínea (f) e (l) é dever do associado do Santos FC, respectivamente: respeitar os membros dos órgãos do Santos e seus funcionários no exercício de suas funções; zelar pelo bom nome dos Santos e a moralidade no quadro associativo. De acordo com as penalidades previstas no Artigo 13 – os associados que infringirem as disposições deste Estatuto e dos regulamentos e as ordens emanadas dos órgãos do Santos estarão sujeitos às seguintes penalidades:

(a) advertência verbal;

(b) censura escrita;

(c) suspensão;

(d) eliminação do quadro associativo; e

(e) perda do mandato e inelegibilidade.

Sendo assim, venho pedir ao Sr Presidente da Mesa, que encaminhe esta solicitação ao Comitê de Gestão para que, junto a Divisão de Inquérito e Sindicância do Departamento Jurídico do Santos FC, faça apuração dos fatos atribuídos e passíveis de punição ao sócio envolvido, como previsto nos artigos 14, 16 e 17 de nosso Estatuto. Certa de vossa atenção, agradeço e aguardo retorno”.

Assinaram o requerimento: Valéria Mendes, dos Santos, Rosangela Maria Bonano, Raissa Garcia Lopes, Sandra Helena Moreira Lima, Fábio Rosendo Pereira, Marcelo Gonzaga de Mello, David Jonatan Dias, Ronaldo Antonio Teixeira Galvanese, Eduardo RIbeiro Filetti, Gabriel Castro de Gouveia Roldão, Fabio Eduardo Gonçalves Sartori, Ernani Thiotsu Yara, Diego Oliveira Turato, Paulo Bellinassi, Jefferson Willian Moure Oliva e Rodrigo Neves Rodrigues Fernandes.

Posicionamento de Sérgio Ramos

“Com relação a esse assunto, é muito simples. Eu não falei nada sobre as mulheres como gênero. Eu não falei nada sobre nenhuma atleta, nem as conheço. Eu dei minha opinião particular sobre um esporte, o futebol feminino. Tenho direito de ter essa opinião, gostem as pessoas ou não. Muita gente diz a mesma coisa sobre esportes de luta. Tudo está ganhando uma proporção oportunista levando para ofensas às mulheres. É apenas uma opinião sobre um esporte. Essa é minha visão. Em nenhum momento ataquei qualquer pessoa, apenas disse o que penso sobre um esporte específico, usando meu direito de opinião num país democrático (ou que deveria ser)”, falou.

“Ah, e agora estão falando que comparei as jogadoras a prostitutas. Não é verdade. O que eu disse é que existe uma possibilidade de marketing de colocar modelos num time feminino captando torcedores de todos os clubes, torcedores que vão a estádios. Muita gente não gostou, mas é uma ideia. Em nenhum instante falei que as jogadoras são prostitutas”, completou.

Posicionamento do Blog Soul Santista

“Prezados(as) Santistas, no último sábado, algumas horas após aquela a derrota que sofremos na final da Libertadores, o Blog decidiu fazer uma live para repercutir o nosso vice-campeonato.

A exemplo do que fizemos em diversas oportunidades, mais uma vez o blog deu espaço a um convidado, pois queremos democratizar o nosso canal do Youtube, dando espaço ao torcedor(a) santista.

Eis que alguns minutos após o início da live, o nosso convidado emitiu uma opinião bastante desrespeitosa e machista a respeito do futebol feminino, que não era o tema da live, e naquele momento nós falhamos em não ter entendido a gravidade daquelas palavras.

Como estávamos assimilando a tristeza pela derrota do nosso time de coração, com a nossa atenção dividida entre os comentários no chat, a nossa próxima fala na live, e o andamento da coisa, não percebemos o que havia sido falado.

Tanto que fizemos um comentário na sequência, a respeito da falta de atenção que os organizadores do futebol demonstram ter pela modalidade feminina, e que na nossa opinião, deveriam fazer como no vôlei, que tem regras diferenciadas para homens e mulheres.

Após isso a live prosseguiu sem nenhum comentário a esse respeito.

Ocorre que neste domingo começamos a ver uma grande repercussão a respeito dessa live e da fala desrespeitosa e preconceituosa dirigida às mulheres, e só após isso fomos assisti-la, e para a nosso espanto e indignação, as palavras estavam lá. Ditas de forma clara na nossa cara e não fizemos nada!

Retiramos do ar aquilo, e faremos uma nova live nesta segunda-feira, 01 de fevereiro de 2021 para prestar os devidos esclarecimentos.

Lamentamos ter falhado como moderadores e como cidadãos, pois o preconceito deve ser combatido por todos nós, e o nosso time feminino merece o devido respeito e reconhecimento.

Ao final de tudo isso, além do aprendizado que levaremos para nossas vidas, iremos repensar tudo que fizemos até agora com o blog e com o Youtube.

Deixamos aqui nossas sinceras desculpas a todos que se sentiram ofendidos pela fala do nosso convidado e pela nossa omissão/desatenção”.