Campeonato Espanhol

Zidane completa 48 anos de idade; relembre carreira do francês como jogador e treinador

Gazeta
Gazeta Esportiva

23 de junho de 2020 - 09:16 - Atualizado em 23 de junho de 2020 - 09:16

Zinédine Zidane comemora 48 anos de vida nesta terça-feira, dia 23 de junho de 2020. Um dos maiores nomes do futebol francês de todos os tempos, e agora técnico do Real Madrid, o ex-meia conseguiu tem uma extensa lista de títulos tanto como jogador quanto como treinador.

Carreira

Como jogador, o meio-campista iniciou sua carreira profissional em 1988 no Cannes, onde ficou por quatro anos e fez 67 partidas, com seis gols marcados. Chamou a atenção do Bordeaux, tendo permanecido de 1992 a 1996, com 174 partidas e 47 tentos – ali ele conquistou seu primeiro título como profissional e também chegou à final das Liga dos Campeões.

O primeiro clube que defendeu fora da França foi a Juventus, até 2001, onde conquistou seis títulos, dentre os quais uma Copa Intercontinental e uma Supercopa da Uefa. De lá, conseguiu o destaque necessário para viver os melhores momentos da carreira, como um dos grandes ídolos do futebol espanhol: em 2001, Zizou foi para o Real Madrid, onde jogou ao lado de Ronaldo, Figo, Bechkham, Roberto Carlos e Raúl, os galácticos.

Pelos merengues, ele conquistou uma Liga dos Campeões, um Intercontinental, uma Supercopa da Uefa, um Campeonato Espanhol e duas Supercopas da Espanha. Ali ele encerrou sua carreira, com 227 partidas e 49 gols marcados. Como se não bastasse, mais tarde ele voltaria para o clube para uma era como treinador. Ele iniciou seus passos como técnico em 2013, como auxiliar, depois treinou o Real Madrid Castilla, o time B.

Entre 2016 e 2018, porém, fez sua primeira passagem no time principal e, logo de cara, conquistou três Ligas dos Campeões seguidas, dois Mundiais de Clubes, duas Supercopas da Uefa, um Campeonato Espanhol e uma Supercopa da Espanha. Após a conquista da sua última Liga dos Campeões, ele anunciou sua saída do clube, mas, menos de um ano depois, voltou ao comando do Real e ergueu outra Supercopa.

Agora, Zidane tem a chance de conquistar seu segundo título da La Liga como treinador. A oito rodadas do fim do torneio, Real Madrid e Barcelona estão empatados com 65 pontos cada, mas os Merengues ocupam o 1º lugar pelos critérios de desempate.

Pela seleção francesa, a história de sucesso não foi diferente. Sua primeira convocação foi em 1994 e ele esteve presente de forma determinante nas duas maiores conquistas do país até então: a Copa do Mundo de 1998, na qual marcou dois gols na final diante do Brasil, e Eurocopa de 2000. Diante de toda a sua carreira, recebeu por três vezes o troféu de Melhor do Mundo da Fifa (1998, 2000 e 2003) e sua última competição da carreira foi a Copa de 2006, vencida pela Itália.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.