Corinthians

Zé Maria manda recado aos jogadores do Corinthians: “Vistam a camisa”

Gazeta
Gazeta Esportiva

31 de maio de 2021 - 19:22 - Atualizado em 31 de maio de 2021 - 19:45

Zé Maria é um dos personagens mais respeitados no Corinthians por toda a história que construiu no clube, como lateral direito, nas décadas de 70 e 80. E é com esse moral que o Super Zé, como é conhecido, falou sobre o momento do Timão, com exclusividade, ao Gazeta Esportiva, na TV Gazeta, na noite desta segunda-feira.

“Eu sou um torcedor. E torço muito para o Sylvinho. Espero que esses jogadores vistam camisa do Corinthians, não só coloquem. Essa é a minha palavra de honra, que joguem pelo Sylvinho, o que fizeram por mim há 40 anos. É essa minha mensagem aos jogadores”.

Zé Maria também revelou o papo que teve com Fernando Lázaro, seu filho. Lázaro voltou ao clube há poucos meses para coordenar o Cifut (Centro de Inteligência do Futebol), mas comandou o time, a beira do campo, nos dois últimos jogos pela Copa Sul-Americana.

“Foi um momento de muita alegria. Eu puxei orelha dele. Falei: ‘não se entusiasma muito, não. Você é um analista, não é treinador ainda, mas cumpra o seu dever. Se chamaram, faça pelo menos um pouco do que eu fiz no clube. Com muita garra’”.

Com Lázaro, o Corinthians goleou o Huancayo-PER por 5 a 0 e o River Plate-PAR por 4 a 0, ambos os desafios na Neo Química Arena.

“Ele foi muito feliz, está tentando um novo caminho, tomara que futuramente ele possa melhorar e ter uma oportunidade”, concluiu o ex-jogador, campeão Paulista pelo alvinegro do Parque São Jorge em 1977, 1979, 1982 e 1983.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.